Sem ficar em cima do muro, Zé Batista confirma saída do PDT: “Vou procurar um partido para me agasalhar”

Vereador comentou sobre obra na UPAE e seu futuro político (Foto: Blog Waldiney Passos)

“Tô pouco me lixando para isso”. Foi assim que o vereador José Batista da Gama hoje no PDT comentou a situação da sigla em Petrolina que agora tem como líder Edinaldo Lima, ex-vereador e candidato a prefeito pelo grupo de Julio Lóssio, oposição ao governo de Miguel Coelho, de quem Zé é aliado de longa data.

Na sessão de terça-feira (11) o vereador afirmou que está deixando o PDT porque não é de ficar em cima do muro. “Tomei conhecimento semana retrasada, boa viagem ao PDT e boa viagem a Edinaldo Lima. Tô pouco me lixando pra isso, tenho luz própria e posso muito bem me filiar a qualquer outro partido da base aliada. Vou procurar um partido para me agasalhar e agasalhar meu filho, Pé de Galo que será candidato a vereadora na próxima eleição”, afirmou.

Apesar do posicionamento de sair do PDT, Zé Batista destacou que ainda não escolheu sua próxima casa. “Não existe dono do nariz em política. A gente tem que ouvir as lideranças maiores, nós dependemos delas. Vou ouvir o senador, o deputado federal e o prefeito. O partido que a gente achar que vai ser mais conveniente para a gente, a gente vai se filiar. Existe o MDB, o PSL, o DEM que é minha origem, mas eu sou daqueles que não olha para partido, eu olho para a pessoa. Não é o partido que vai definir eleitorado”, ressaltou.

Questionado na coletiva de imprensa como seria sua saída do partido, ele foi enfático: “saio pela mesma porta que entrei”. Ontem ele também comentou sobre a mudança no acesso à Unidade de Pronto Atendimento Especializado (UPAE) de Petrolina, reivindicação de sua autoria.

Demanda na UPA

“Fui procurado por Monalisa da UPAE há uns 30 dias para ver se a gente fazia uma intervenção naquele acesso, considerando que existe a possibilidade de acidentes ali na área. Conversei com Fred da Seinfra, ele mandou fazer a intervenção e depois conversei com Edilsão para botar agentes e fazer um trabalho educativo no trânsito”, explicou.

Com o pedido atendido, Zé comemorou o fato de os pacientes e familiares terem mais segurança. “O escoamento está bem regular, não tem mais aquele problema de expectativa de acidentes e graças a Deus esse trabalho está sendo feito. Com certeza vai resolver definitivamente aquele problema”, finalizou.

Deixe uma resposta