SINDSEMP emite nota e afirma que contas da atual gestão foram aprovadas pelo Conselho Fiscal

(Foto: Ascom/SINDSEMP)

O Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina (SINDSEMP) emitiu uma nota à imprensa rebatendo as acusações de servidores, a respeito das contas da atual gestão que não apresentaram irregularidades e foram aprovadas pelo Conselho Fiscal.

De acordo com o sindicato, o Conselho Fiscal avaliaram que “o gasto com despesas fixas não foi  capaz de comprometer a saúde financeira do referido sindicato, tendo sido preservadas as aplicações financeiras existentes, mantendo-se a sustentabilidade de tal órgão em prol da manutenção do seu patrimônio”.

Ainda segundo a nota, dois servidores responsáveis por acionar o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) na busca de apontar irregularidades tiveram seus pedidos negados pela Justiça da cidade. Leia a seguir a nota do SINDSEMP:

Em razão das inúmeras inverdades propagadas por um Blog da cidade e por alguns poucos servidores que insistem em agir de  forma leviana, o SINDSEMP informa que todas as contas da atual gestão até o mês de OUTUBRO DE 2018 encontram-se devidamente APROVADAS pelo Conselho Fiscal composto pelos conselheiros Audenir de Souza Pereira Lima, Tadeu Plínio da Silva e Antônio Mendes dos Santos, conforme relatórios de aprovação assinados e datados de 07 de Março de 2017, 25 de Maio de 2017, 07 de Julho de 2017, 03 de Agosto de 2017, 09 de outubro de 2018, 31 de Outubro de 2018 e 06 de Dezembro de 2018.

Os conselheiros atestaram em seus relatórios que “o gasto com despesas fixas não foi  capaz de comprometer a saúde financeira do referido sindicato, tendo sido preservadas as aplicações financeiras existentes, mantendo-se a sustentabilidade de tal órgão em prol da manutenção do seu patrimônio”.

O SINDSEMP informa ainda que a atual gestão vem desempenhando com bastante zelo e presteza o exercício do seu mandato legítimo, estando em dia com todas as suas obrigações assumidas referentes ao recolhimento de tributos, encargos, taxas e demais despesas municipais, estaduais e federais, conforme se observa das certidões emitidas em 28.11.218 e 06.12.2018 pela Receita Federal (cert. nº. DAAD.F3E3.C9DB.43C6), Prefeitura Municipal de Petrolina (cert. nº. 0000004504), Secretaria da Fazenda (cert. nº. 2018.000010948857-51), Caixa Econômica Federal (cert. nº 2018111302351828250288), Justiça do Trabalho (cert. nº.163233826/2018), as quais podem ter as suas autenticidades conferidas através dos respectivos sites.

Ademais, por meio das acertadas decisões proferidas no dia 29 de Outubro de 2018 pela Procuradora Federal Drª Ana Carolina Lima Vieira Ribembom nos autos nº. 000264.2018.06.0014, e no dia 07 de Dezembro de 2018 pelo Promotor de Justiça Drº. Carlan Carlo da Silva nos autos 2018/3699997, foi determinado o ARQUIVAMENTO dos 02 (dois) procedimentos instaurados por alguns servidores que de forma completamente irresponsável alegavam a existência de irregularidades na administração e representação do SINDSEMP.

A atual gestão do SINDSEMP ratifica o seu compromisso de continuar desenvolvendo as suas atividades regularmente no intuito de preservar a segurança jurídica e evitar qualquer instabilidade institucional que possa acarretar prejuízos a este Órgão de Classe e aos seus associados, abolindo por completo as atitudes irresponsáveis, inconsequentes e levianas praticadas por uma minoria que tenta de todas as formas manchar a imagem do Sindicato e de seus administradores.

Deixe uma resposta