Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Humberto Costa manda recado a Cristina Costa sobre possível aliança com Miguel: “É melhor que ela mude de ideia”

Senador refutou ideia de se aliar a bolsonaristas (Foto: Blog Waldiney Passos)

A eleição municipal de 2020 já movimenta o xadrez da política em Petrolina. E na visão do senador Humberto Costa (PT), uma das principais lideranças em Pernambuco, não há chances de a sigla desenhar alianças com bolsonaristas.

LEIA TAMBÉM:

Candidato a prefeito por três vezes, Gonzaga Patriota declara seu apoio a Lucas Ramos

Marília Arraes defende nome de Cristina Costa como candidata a prefeita de Petrolina

Ele concedeu uma entrevista ao programa Super Manhã com Waldiney Passos nessa quinta-feira (27) e foi curto e grosso: “Nós não vamos permitir em qualquer lugar do Brasil [alianças] do PT com bolsonaristas“, disse na Rádio Jornal Petrolina.

LEIA MAIS

Candidato a prefeito por três vezes, Gonzaga Patriota declara seu apoio a Lucas Ramos

Deputado apoiará colega de partido (Foto: arquivo)

Gonzaga Patriota (PSB) bateu na trave por diversas vezes na corrida eleitoral para assumir a Prefeitura de Petrolina. Na eleição de 2020 ele já deixou claro q não disputará o pleito, mas apoiará um companheiro do seu partido: o deputado estadual Lucas Ramos.

LEIA TAMBÉM:

Marília Arraes defende nome de Cristina Costa como candidata a prefeita de Petrolina

“Eu vou apoiar o Lucas, já assumi esse compromisso. É do meu partido, tenho uma dívida muito grande com ele, com o pai dele e vamos trabalhar para chegar no segundo turno. Não sei com quem, obviamente se no segundo turno não for meu candidato, eu vou apoiar o candidato que for da oposição”, disse durante uma entrevista por telefone no programa Super Manhã com Waldiney Passos dessa terça-feira (26).

LEIA MAIS

Juazeiro: presidente da Juventude do PSDB anuncia desfiliação do partido

Gleidson (primeiro a direita) militava nos Tucanos desde sua adolescência (Foto: Ascom)

Às vésperas da eleição municipal de 2020 a movimentação nos bastidores da política já começou. Em Juazeiro (BA) a mudança com maior repercussão até o momento foi do ex-prefeito Isaac Carvalho que deixou o PC do B para ingressar no PT.

A nível municipal, o presidente da Juventude do PSDB anunciou sua desfiliação do partido. Gleidson Azevedo militava nos Tucanos desde os 16 anos e ainda não anunciou seu futuro político, porém, tudo indica que ele deve se lançar a um cargo eletivo em 2020.

Confira a seguir a nota do ex-presidente da Juventude do PSDB sobre sua saída do partido:

LEIA MAIS

Recadastramento biométrico já começou em Campo Alegre de Lourdes

Prazo segue até 18 de fevereiro de 2020 (Foto: Reprodução/TRE-BA)

Os municípios do interior respiram clima de São João, porém, os moradores de Campo Alegre de Lourdes (BA) devem ficar atentos ao recadastramento biométrico. O procedimento realizado pela Justiça Eleitoral teve início nessa semana.

Quem quiser evitar a correria da última hora pode ir à Biblioteca Municipal das 8h às 17h, munidos da documentação exigida pelo Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA): RG, CPF, Título de Eleitor e Comprovante de Residência.

De acordo com o TRE, além da biometria as equipes também farão a inscrição de novos títulos e transferências. O prazo para fazer a regularização biométrica no município se encerrará no dia 18 de fevereiro de 2020.

Marília Arraes defende nome de Cristina Costa como candidata a prefeita de Petrolina

Deputada cumpre agenda em Petrolina e fala sobre cenário politico local (Foto: Blog Waldiney Passos)

A deputada federal Marília Arraes (PT) está em Petrolina nessa sexta-feira (21) e afirmou com todas as letras que a vereadora Cristina Costa (PT) tem o seu apoio em uma possível candidatura à Prefeitura, em 2020. “Todo mundo sabe que eu sou uma entusiasta da atuação política da vereadora Cristina Costa, eu acho que seria uma grande candidata a prefeita”, afirmou durante participação no programa Super Manhã com Waldiney Passos.

Contudo, apesar do apoio, Marília fez questão de ressaltar um ponto importante: seu apoio é praticamente simbólico. “Defendo o nome de Cristina sem dúvida alguma, mas defendo entre nós, no nosso grupo político porque eu não faço parte do Diretório de Petrolina. É uma conversa entre nós, mas sem nenhuma interferência direta obviamente. Tenho todo respeito pelas decisões tomadas no Diretório aqui na cidade”, ressaltou.

PT com candidatura própria

Na ótica da deputada federal, o PT tem condições de lançar candidatura própria em Petrolina e tal posicionamento seria importante para a sigla. “Nós temos tamanho para ter uma candidatura própria, é importante que a gente deixe o partido discutir democraticamente, sem intervenções que nós tivemos em 2018, quando nós decidimos ter candidatura própria e teve essa intervenção nacional”, finalizou.

Escola do Legislativo traz capacitação a vereadores e assessores da Câmara de Petrolina

(Foto: Blog Waldiney Passos)

A Escola do Legislativo levará cursos a todas as microrregiões de Pernambuco. Essa será a primeira vez que o órgão promoverá capacitações a parlamentares e servidores no Estado, em 20 anos de fundação. Uma das ações do órgão ligado a Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) será o seminário Eleições Municipais 2020 – Novas Regras, que acontece em Petrolina, no próximo dia 27.

A Casa Plínio Amorim sediará o evento das 8h às 13h. Depois de Petrolina, Caruaru, Araripina e Garanhuns também receberão a Escola do Legislativo. Entre os temas do evento estão o fim das coligações, propaganda eleitoral e prestação de contas.

“Vamos trabalhar com um tema muito atual, que são as novas regras para as eleições do próximo ano. As mudanças foram implementadas em 2017, mas elas só entram em vigor a partir de 2020. A nossa ida aos municípios facilita a adesão, pois, até então, só tínhamos cursos no Recife. Vamos estabelecer um calendário para realizar todas as formações dentro de um prazo que considere a janela partidária, a migração de partido, sem prejuízos às candidaturas”, explicou o superintendente da Escola do Legislativo, José Humberto Cavalcanti.

LEIA MAIS

Sem ficar em cima do muro, Zé Batista confirma saída do PDT: “Vou procurar um partido para me agasalhar”

Vereador comentou sobre obra na UPAE e seu futuro político (Foto: Blog Waldiney Passos)

“Tô pouco me lixando para isso”. Foi assim que o vereador José Batista da Gama hoje no PDT comentou a situação da sigla em Petrolina que agora tem como líder Edinaldo Lima, ex-vereador e candidato a prefeito pelo grupo de Julio Lóssio, oposição ao governo de Miguel Coelho, de quem Zé é aliado de longa data.

Na sessão de terça-feira (11) o vereador afirmou que está deixando o PDT porque não é de ficar em cima do muro. “Tomei conhecimento semana retrasada, boa viagem ao PDT e boa viagem a Edinaldo Lima. Tô pouco me lixando pra isso, tenho luz própria e posso muito bem me filiar a qualquer outro partido da base aliada. Vou procurar um partido para me agasalhar e agasalhar meu filho, Pé de Galo que será candidato a vereadora na próxima eleição”, afirmou.

Apesar do posicionamento de sair do PDT, Zé Batista destacou que ainda não escolheu sua próxima casa. “Não existe dono do nariz em política. A gente tem que ouvir as lideranças maiores, nós dependemos delas. Vou ouvir o senador, o deputado federal e o prefeito. O partido que a gente achar que vai ser mais conveniente para a gente, a gente vai se filiar. Existe o MDB, o PSL, o DEM que é minha origem, mas eu sou daqueles que não olha para partido, eu olho para a pessoa. Não é o partido que vai definir eleitorado”, ressaltou.

LEIA MAIS

Lucinha Mota é eleita vice-presidente do PSOL Petrolina

Lucinha teve expressiva votação em 2018 (Foto: Reprodução/PSOL)

Depois da expressiva votação que obteve na eleição de 2018, quando disputou uma vaga na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), Lucinha Mota foi eleita vice-presidente do PSOL em Petrolina. A mãe da garota Beatriz Angélica Mota foi alçada ao posto em uma votação realizada no domingo (5).

A presidência do partido ficou com Rigel Castro. No ano passado, quando pleiteou um cargo de deputada estadual, Lucinha foi a terceira candidata mais votada da sigla em Pernambuco. Desde a morte de sua filha, em 2015 ela luta por justiça e viu na política uma ferramenta para ter mais voz. Com seu nome fortalecido no PSOL, Lucinha deve disputar a eleição municipal em 2020.

Além da eleição da nova direção do PSOL, o domingo foi marcado por um debate a respeito da reforma da Previdência. Integrantes do partido de Lagoa Grande e Santa Maria da Boa Vista participaram do ato e criaram o Fórum do PSOL no Sertão do São Francisco.

Falta de políticas ao Nordeste pode afetar desempenho do PSL nas eleições de 2020

(Foto: Internet)

Durante a campanha de 2018 o atual presidente Jair Bolsonaro (PSL) foi derrotado no Nordeste, região onde o lulismo é muito forte. E para o cientista político Adriano Oliveira, a decisão de não priorizar o Nordeste nas políticas do Governo Federal pode ser considerada um erro.

Até o momento, o presidente Bolsonaro não veio à região na qual têm índices preocupantes de avaliação, mas já confirmou uma visita a Pernambuco em maio. Segundo recente pesquisa Datafolha realizada no início do mês de abril, 39% dos eleitores nordestinos reprovam o governo Bolsonaro.

Outros 24% o aprovam. Já 68% afirmam que ele fez menos pelo país do que esperavam e 61% consideram que ele trabalha pouco. Ainda de acordo com a pesquisa, 68% afirmam que ele respeita mais os ricos ao eleitor pobre.

Como em 2020 há eleições municipais, o resultado das urnas pode representar um enfraquecimento de Bolsonaro e o fortalecimento do lulismo, novamente polarizando o debate entre esquerda e direita como PSL e PT. (Com informações do JC Online).

Presidente do PSL de Pernambuco afirma que Gabriel Menezes será candidato a prefeito de Petrolina

(Foto: Reprodução/Facebook)

O presidente do Partido Social Liberal (PSL) em Pernambuco, Marcos Amaral afirmou em entrevista ao programa Super Manhã com Waldiney Passos, na Rádio Jornal Petrolina dessa segunda-feira (8) que o vereador Gabriel Menezes (PSL) será candidato a prefeito da cidade.

De acordo com Amaral, o edil tem total apoio da sigla. “O partido era um partido antes das eleições, hoje é outro partido depois das eleições. Nós temos o maior tempo de propaganda do Brasil. Estaremos juntos dos nossos candidatos que têm condições de estar lutando pela bandeira de um Brasil melhor e Gabriel se enquadra nesse aspecto”, afirmou Amaral.

LEIA TAMBÉM:

Gabriel Menezes é o novo presidente da Comissão Provisória do PSL de Petrolina

Gabriel está em seu primeiro mandato como vereador de Petrolina e já afirmou várias vezes ser contrário à reeleição. Em 2018 ele disputou o pleito para deputado estadual e obteve votação considerável. Apesar de confirmar as conversas com o PSL, o edil disse ser necessário “dar tempo ao tempo”.

“Acho que é prematuro, estou focado no meu mandato de vereador que Petrolina me confiou. Me sinto lisonjeado em ser apontado como pré-candidato a prefeito de Petrolina, porém acho que 2020 a gente precisa discutir um pouco mais a frente, vamos dar tempo ao tempo. Ninguém é candidato de si mesmo, vamos conversar com a população de Petrolina. A gente defende alternância e renovação”, afirmou por telefone ao programa Super Manhã.

Vereadores de Petrolina acusam Odacy Amorim de usar cargo para fazer campanha antecipada, presidente do IPA rebate críticas

Odacy (dir.) estaria fazendo campanha visando eleições de 2020, segundo vereadores (Foto: Internet)

José Batista da Gama (PSB) e Ronaldo Silva (PSDB) acusaram o diretor-presidente do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), Odacy Amorim (PT) de utilizar seu cargo no Governo do Estado para fazer promoção pessoal. Segundo os edis, Odacy faz campanha antecipada.

Ronaldo Silva lembrou um atrito que teve recentemente com o presidente do IPA, dando mais caldo a discussão. “Quero dizer ao ex-deputado Odacy Amorim, presidente do IPA que da última vez que falei dele, ele foi no programa de rádio e disse que eu fui mandado pelo senador Fernando Bezerra Coelho. Eu não sou vereador lagartixa, não sou pau mandado. Se não quer ser criticado, não faça o errado”, pontuou.

Justiça eleitoral

Ele foi além e mencionou uma matéria publicada na região do Araripe, na qual Lucas Ramos (PSB) faria uma denúncia na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), denunciando a postura de Odacy. Segundo Ronaldo,  o presidente do IPA trabalha para fortalecer seu nome e o de sua esposa, a deputada estadual Dulcicleide Amorim (PT). “A Justiça Eleitoral abra os olhos, nós vamos estar fiscalizando, nós temos aqui que fiscalizar o presidente do IPA que se diz pré-candidato a prefeito“, destacou.

LEIA MAIS

Gilberto Melo afirma que PR “está mais forte” com formação de diretório municipal

Vereador elogiou novo presidente do partido (Foto: Blog Waldiney Passos)

O começo de ano do vereador Gilberto Melo (PR) tem sido intenso: o edil deixou a Mesa Diretora para assumir a liderança do partido na Câmara de Vereadores e agora ocupará o cargo de vice-presidente municipal da sigla, que será comandada pelo secretário de Governo e Agricultura de Petrolina, Simão Durando.

LEIA TAMBÉM:

Mesmo com discurso de união do novo presidente do PR municipal, Cícero Freire não descarta deixar partido

Secretário de Governo, Simão Durando assume comando do PR em Petrolina

Durante a sessão de quinta-feira (28) o edil concedeu entrevista ao lado de Simão. E para Gilberto, a escolha do novo líder partidário é uma boa notícia ao PR. “Quero parabenizar nosso amigo Simão, um cara de alta competência e decente. Tem feito política há vários anos, está em boas mãos o PR em Petrolina. O PR tem o diretório hoje, está mais forte e o PR nunca esteve em boas mãos como está dessa vez”, destacou.

LEIA MAIS

De olho em 2020, Julio Lóssio se filia ao PSD e assume comando da legenda em Petrolina

Lóssio anunciou filiação em redes sociais (Foto: Reprodução/Instagram)

No final de dezembro durante coletiva de imprensa o ex-prefeito de Petrolina, Julio Lóssio havia comentado seu futuro político. Expulso da Rede Sustentabilidade por infidelidade partidária, Lóssio chegou a ter seu nome ligado ao MDB que em Petrolina é comandado pelo vereador Paulo Valgueiro, seu aliado.

Mas foi o PSD o partido escolhido por Lóssio. Em Brasília, na quarta-feira (30) ele anunciou sua filiação ao partido e além da chegada a sigla, será o responsável por presidir o diretório municipal do partido. “Com muita honra recebi o convite do meu amigo, Deputado Federal e Presidente Estadual do PSD André de Paula para comandar o partido em Petrolina”, escreveu nas redes sociais.

Com a ida de Lóssio para o PSD seu nome é mais um colocado na disputa de 2020. No final de 2018 ele afirmou que estará no jogo das eleições municipais, mas não sabe de que forma. “Ainda não sei bem qual posição eu vou assumir. Eu vou estar no jogo, não sei a posição ainda”, afirmou.

Segundo turno transformará eleição em “jogo de xadrez”, afirma ex-prefeito Lóssio

Ex-prefeito já havia dito que vai estar no jogo em 2020, mas sem revelar de que forma (Foto: Blog Waldiney Passos)

A eleição municipal de 2020 deverá contar, pela primeira vez na história, com o segundo turno e tornar o caminho à Prefeitura de Petrolina mais difícil. Para o ex-prefeito e candidato ao Governo de Pernambuco, Julio Lóssio, a movimentação de bastidores será a chave para ganhar o pleito.

“Nas últimas eleições a gente jogava uma partida de tênis, era um do lado e ganhava no primeiro set. Nós vamos caminhar para o segundo turno, que é um jogo de xadrez. Nós temos em Petrolina uma disputa cada vez mais que será um jogo de xadrez e ganhará quem conseguir somar mais forças no segundo turno”, comentou.

Futuro político

Anteriormente Lóssio já havia colocado seu nome no “jogo político” de 2020, porém, sem explicar em qual função. Além dele outros nomes cotados são Gabriel Menezes (PSL), Odacy Amorim (PT), Lucas Ramos (PSB), Gonzaga Patriota (PSB) e o atual prefeito, Miguel Coelho.

Quando questionado a respeito de uma possível aliança entre a oposição, caminhando ao lado de Lucas Ramos, Lóssio não descartou a parceria. “Nós vamos discutir essa questão de eleição no momento certo, mas eu penso que teremos uma eleição que é um jogo de xadrez e agora é diferente”, finalizou

Miguel manda recado para Gabriel Menezes sobre eleições 2020: “Vai ganhar quem tiver mais voto”

(Foto: Divulgação)

2018 ainda não acabou, mas todas as atenções nos bastidores da política petrolinense estão voltados para o pleito de 2020, quando a Prefeitura será colocada em disputa. O atual gestor, Miguel Coelho afirmou em coletiva que vai para a corrida e criticou o “coronelismo” de Gabriel Menezes (PSL) em querer controlar o partido, evitando uma possível aproximação de Miguel com a sigla.

“Pra quem tem um discurso tão ético de ser contra essa questão de ser dono de partido ele tá um coronel do PSL, querendo se apropriar [do partido]. Até onde eu sei Gabriel não é presidente do PSL”, disse o prefeito.

LEIA TAMBÉM:

Miguel evita especulações sobre reforma administrativa, mas elogia Aero e Zé Batista

“Queremos uma empresa que invista o que arrecada em Petrolina, que não é isso que Compesa faz”, diz Miguel

A estratégia de Gabriel busca, segundo Miguel, evitar uma aproximação dos Coelhos à sigla de Bolsonaro, mas para ele independente de partido eleição se vence nas urnas.

“Se ele quiser ser candidato em 2020, todo mundo é candidato. E eu vou ter que esperar o reconhecimento da população pelo nosso trabalho, vamos enfrentar e disputar com quem estiver, vai ganhar quem tiver mais voto”, finalizou.

12