Empresário das lojas Riachuelo desiste de pré-candidatura nacional

(José Aldenir/Agora Imagens)

O PRB anunciou na tarde dessa sexta-feira (13) a retirada da pré-candidatura a presidente da República do empresário Flávio Rocha, executivo do grupo Guararapes, que controla a rede de lojas Riachuelo. O nome de Flávio foi lançado pela sigla em 23 de março desse ano.

Flávio Rocha assinou a nota emitida pelo partido que argumenta ser necessária a união das “forças de centro” em um “único projeto”. Sem a pré-candidatura, o PRB destaca a necessidade de dialogar pela melhor proposta nacional. Confira a seguir a nota:

LEIA MAIS

64% dos eleitores desaprovam Jair Bolsonaro, aponta pesquisa

Um dos nomes preferidos do eleitor descontente com a política, Jair Bolsonaro (PSL) apresenta rejeição de 64%  e sua aprovação caiu de 23% para 20%, segundo a pesquisa realizada pelo jornal Estado de São Paulo (Ipsos) que mensalmente analisa a opinião do brasileiro sobre a política.

Anteriormente Bolsonaro tinha desaprovação de 60% e para os pesquisadores, esse é um momento chave para sua pré-candidatura. “O início da campanha eleitoral, após a Copa, vai testar a solidez dessa aprovação”, afirma Danilo Cersosimo, diretor do Ipsos.

No entanto, além de Bolsonaro todos os presidenciáveis têm alta desaprovação do eleitor. Todos os presidenciáveis seguem com taxas altas de reprovação. Geraldo Alckmin, do PSDB tem o pior índice, com 70% de desaprovação e apenas 18% de aprovação.

Ciro Gomes (PDT) e Marina Silva (Rede) têm taxas de desaprovação de 65% e 63%, respectivamente, e estão empatados com Bolsonaro nesse quesito. Marina, porém, têm aprovação de 29%, cerca de dez pontos porcentuais acima desses dois adversários.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem desaprovação de 54% do eleitorado e aprovação de 45%, a mais alta entre os nomes cotados para a disputa. Cotado para substituir Lula numa possível candidatura, Fernando Haddad possuiu apenas 7% de aprovação.

Gilmar Santos vê como positiva aproximação de Marília Arraes com Silvio Costa

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Um dos principais apoiadores da pré-candidata ao Governo de Pernambuco, Marília Arraes (PT), o vereador Gilmar Santos afirmou que não existe contradição na parceria firmada com Silvio Costa (Avante). Segundo Gilmar, o posicionamento do deputado federal o credenciam para essa aliança ao senado.

“Em relação ao deputado Silvio Costa com todo esse movimento de denúncia contra o golpe e de defesa da liberdade do presidente Lula credencia o deputado para a construção dessa chapa com a companheira Marília Arraes. Não existe nenhuma contradição nesse sentido“, disse ao Blog Waldiney Passos.

LEIA TAMBÉM:

Marília Arraes fecha chapa com Sílvio Costa para senador

Para Gilmar, o momento é de construir diálogos e encontrar o melhor caminho para dar continuidade ao projeto de Marília no estado. “O que existe entre a companheira, entre a gente que tem apoiado o nome de Marília são apenas diálogos, são possibilidades procurando exatamente pessoas e forças políticas que representam minimamente o projeto que a gente quer defender com Marília para o estado de Pernambuco”, afirmou.

Na terça-feira (19) Marília Arraes anunciou uma aliança que lançará Silvio Costa a uma vaga no Senado. Partidários veem a jogada como um passo na busca por decretar sua candidatura ao Governo. Isso porque o próprio PT Nacional já sinalizou aproximação ao PSB no estado.

Manuela D’Ávila elogia política educacional de Juazeiro em visita a região

(Foto: Blog Waldiney Passos)

A pré-candidata à Presidência da República, Manuela D’Ávila aproveitou sua passagem pelo Vale do São Francisco para conhecer mais as políticas educacionais de Juazeiro, comandada pelo companheiro de partido, Paulo Bomfim. Segundo ela, a forma como a cidade vizinha a Petrolina lida com a educação é exemplo para sua plataforma eleitoral.

LEIA TAMBÉM:

Manuela D’Ávila afirma que é necessário combater desigualdade regional para tornar Vale do São Francisco mais competitivo

Em Petrolina, Manuela D’Ávila reafirma pré-candidatura à Presidência da República

“Tenho me apegado a estudar muito a experiência de Juazeiro na educação, na construção de equipamentos públicos para garantir que as crianças e adolescentes permanecem numa escola mais digna. O fato de Juazeiro ter se transformado num polo de ensino superior, de ensino técnico, a busca pelo primeiro curso de Medicina, é uma forma de criar uma educação a longo prazo”, destacou.

A deputada estadual pelo Rio Grande do Sul esteve em Petrolina e Juazeiro no final de semana, quando participou de um ato na cidade baiana e apresentou sua pré-candidatura aos eleitores da região. Em Petrolina ela afirmou que pretende continuar na disputa, mesmo com a tendência de os partidos de esquerda se aproximarem.

Júlio Lossio acompanha Marina Silva durante lançamento de pré-candidatura em Recife

(Foto: Reprodução)

O pré-candidato ao governo de Pernambuco pelo partido REDE Sustentabildiade, Júlio Lossio, estará em Recife nesta quarta-feira (13) acompanhando a pré-candidata à Presidência da República Marina silva durante agenda no estado. Ela desembarca no Recife nesta quarta-feira e deve permanecer dois dias na capital.

Marina deve participar de uma plenária com os filiados do partido e com simpatizantes de sua candidatura às 19h desta quarta. Na quinta-feira (14), a ex-senadora participa do lançamento da pré-candidatura do pastor Jairinho Silva ao senado, às 19h.

Além de Lossio, os pré-candidatos da REDE ao Senado, Jairinho Silva e Antonio Souza, acompanharão Marina Silva em sua agenda no estado.

Manuela D’Ávila afirma que é necessário combater desigualdade regional para tornar Vale do São Francisco mais competitivo

(Foto: Blog Waldiney Passos)

A passagem da pré-candidata à Presidência da República, Manuela D’Ávila (PC do B) no final de semana foi breve, mas ela fez questão de destacar a importância da preservação do Rio São Francisco. Durante a coletiva de imprensa realizada na manhã do domingo (10), Manuela também falou da divisão entre esquerda e direita no Brasil.

LEIA TAMBÉM:

Em Petrolina, Manuela D’Ávila reafirma pré-candidatura à Presidência da República

“Tem dois lugares no Brasil que fizeram eu ter a certeza absoluta que Deus existe, um deles foi a margem do Rio São Francisco. Nosso compromisso com o rio é com todo o Nordeste, nós conversávamos, eu e os meus deputados da Bahia, sobre o impacto da fruticultura nessa região e sobre a possibilidade do Brasil produzir mais produtos do que produz. Embora essa região seja a que mais produz frutas no Brasil, nós produzimos menos do que o Chile. Do ponto de vista do que isso representa a competitividade global, as possibilidades que teríamos se tivéssemos políticas de desenvolvimento que combatessem a desigualdade regional“, afirmou.

LEIA MAIS

Oposição confirma Armando Monteiro como pré-candidato ao Governo de Pernambuco

(Foto: Foto: Renata Monteiro/JC Imagem)

O grupo de oposição ao governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB) oficializou na manhã dessa segunda-feira (11) o nome do senador Armando Monteiro Neto (DEM), para a disputa em outubro. O evento realizado na capital Recife contou com a participação do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) e outras lideranças políticas estaduais.

Em sua fala, Armando endureceu as críticas ao atual governo estadual. “Esse governo que aí está não correspondeu, não fez as entregas, não se colocou a altura dos desafios de Pernambuco, não deu rumo a sua administração, se omitiu. Pernambuco perdeu vez e voz, perdeu protagonismo no cenário regional. Eu vim hoje aqui com a responsabilidade que hoje me foi confiada eu vim celebrar a esperança, eu vim falar do futuro, eu vim convocá-los para que juntos possamos convocar todas as forças de Pernambuco, construir unidades a partir desse exemplo quando forças heterogêneas se reuniram”, disse.

O grupo “Pernambuco Quer Mudar” ainda não definiu as outras duas vagas para a chapa majoritária, a de vice-governador e do Senado, porque busca agregar lideranças da Frente Popular com o objetivo de fortalecer a oposição.

Os deputados federais Bruno Araújo (PSDB), Fernando Filho (DEM), Daniel Coelho (PPS), Ricardo Teobaldo (Podemos), Marinaldo Rosendo (PP), os ex-governadores Joaquim Francisco e João Lyra Neto também marcaram presença no lançamento da pré-candidatura.

Em Petrolina, Manuela D’Ávila reafirma pré-candidatura à Presidência da República

Pré-candidata esteve em Petrolina nessa manhã (Foto: Blog Waldiney Passos)

A pré-candidata à Presidência da República pelo PC do B, Manuela D’Ávila visitou Petrolina na manhã desse domingo (10) e conversou com a imprensa no Petrolina Palace. Antes de seguir para um ato democrático na vizinha Juazeiro, Manuela afirmou que continua pré-candidata e que as decisões do PT não interferem na sua caminhada.

LEIA TAMBÉM:

Em documento, PT nacional aconselha aliança com PSB e lima candidatura de Marília Arraes

Isso porque, conforme o Blog Waldiney Passos publicou mais cedo, o Partido dos Trabalhadores aconselhou a formação de alianças com partidos de esquerda, entre eles o PC do B. Na visão da pré-candidata, o gesto representa um sinal de união, mas sem interferir na sua decisão de concorrer ao cargo mais importante do país.

LEIA MAIS

Pré-candidata à Presidência, Manuela D’Ávila vem a Petrolina nesse final de semana

(Foto: Reprodução/Facebook)

Petrolina receberá neste domingo (10) a visita da pré-candidata à Presidência da República, Manuela D’Ávila (PC do B). Ex-vereadora, deputada federal e atual deputado estadual pelo Rio Grande do Sul, Manuela foi presidente do partido na Câmara dos Deputados e se destacou por sua luta pelos estudantes e trabalhadores.

Em Petrolina ela participará de uma coletiva de imprensa às 8h30 no Petrolina Palace. Em seguida ela seguirá para Juazeiro onde participará de um ato público. Manuela tem 36 anos e é vista como um dos nomes para a renovação política nacional.

Além da presença de Manuela D’Ávila, a professora e escritora petrolinense Socorro Lacerda que é pré-candidata pelo partido a uma vaga na Assembleia Legislativa de Pernambuco (PC do B) também estará no ato. “Sou filha de trabalhadores, não sou filha de gente rica. É diferente quando você vai escolher alguém, você não vota só porque ela é mulher, mas porque ela tem uma história para contar e eu tenho em Petrolina. Temos esperança de que o voto vai valer e a mudança vai acontecer“, disse Socorro.

Odacy Amorim desmente boato: “a candidatura de Dulcicleide está mantida”

(Foto: Ascom)

O deputado estadual Odacy Amorim (PT) foi curto e grosso para desmentir os boatos de que sua esposa, Dulcicleide Amorim seria rifada para Odacy apoiar a vereadora Cristina Costa, companheira de partido. Questionado pelo radialista Marcos Aurélio, no programa Revista da Tarde, ele reafirmou com todas as letras a pré-candidatura de sua companheira.

“A candidatura de Dulcicleide está mantida, é pré-candidata porque a legislação porque só pode ser candidata quando registrar a candidatura. Ela tem um apoio importante em Dormentes com a prefeita Josimara, em Parnamirim com o grupo do candidato a prefeito, Dulcicleide está caminhando, fazendo a campanha dela tranquila“, reafirmou.

Odacy reiterou o carinho e respeito que tem por Cristina Costa, mas nada que avance no sentido de esquecer Dulcicleide para impulsionar a edil a uma vaga na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). “Não tenho conversado com a vereadora Cristina [sobre vaga na Alepe] e quando conversei a gente admite a possibilidade de um apoio, mas nada condicionado a uma coisa [de Dulcicleide desistir]”, explicou.

Em Petrolina, Marília Arraes defende candidatura de Lula à Presidência da República

(Foto: Blog Waldiney Passos)

A vereadora do Recife e pré-candidata ao Governo de Pernambuco pelo Partido dos Trabalhadores (PT), Marília Arraes esteve em Petrolina na manhã de hoje (28) e participou do programa Super Manhã, na Rádio Jornal, onde falou da situação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Para Marília, o PT não deve abrir mão da pré-candidatura do ex-presidente, pois caso tomar essa atitude, estará legitimando a perseguição contra o petista. “Qualquer menção de se jogar toalha a desistir de lutar pelo direito de Lula ser candidato é praticamente admitir que tudo que está sendo feito contra Lula é certo e o que nós estamos sempre alertando as pessoas é que todo esse processo tem um objetivo: entregar nosso patrimônio nacional para que o estrangeiro explore, cassar direito dos trabalhadores, é desmontar todo o estado social que foi construído nos últimos anos e a prisão de Lula faz parte desse script. Nós vamos até o final defender os direitos de Lula”, afirmou.

Na opinião da pré-candidata, com Lula na corrida eleitoral uma vitória é dada como certa e ele reverteria as políticas aprovadas pelo atual presidente Michel Temer. Marília Arraes também opinou sobre a greve dos caminhoneiros.

“Nós não podemos minimizar essa manifestação a uma simples classe trabalhista, até porque nós sabemos a vinculação dos caminhoneiros com as grandes empresas e não se resolve de forma simplista. Redução de impostos, o estado vai deixar de arrecadar e não vai resolver o problema”, argumenta.

Marília acredita que, somente uma revisão da polícia da Petrobras é que o preço do combustível será normalizado. Ela reafirmou considerar legítima a manifestação, mas que a situação não será solucionada com medidas rápidas, a exemplo das apresentadas pelo presidente Temer ontem.

Odacy não descarta concorrer ao Governo de Pernambuco: “estou à disposição”

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Um dos nomes cotados pelo Partido dos Trabalhadores  (PT) para concorrer ao Governo de Pernambuco, o deputado estadual Odacy Amorim afirmou que apoiará a decisão do partido, mesmo que seja para concorrer às eleições em uma aliança com o PSB.

Dia 10 o partido tem uma decisão se vai ter candidatura própria ou se não vai ter candidatura própria. Tem um movimento de aliança ao governador Paulo Câmara, eu coloquei meu nome como pré-candidato ao governo e defendo a ideia da candidatura própria, mas eu disse [ao PT] que eu não vou dizer ao povo que eu sou pré-candidato ao governo se o PT não decide logo se tem uma candidatura própria”, explicou Odacy durante o programa Super Manhã da Rádio Jornal Petrolina, na edição da quinta-feira (24).

No final de semana Odacy esteve num evento a também pré-candidata Marília Arraes e reafirmou ter chances de concorrer ao Governo. “Estou à disposição, estou animado para concorrer ao governo. Tenho grandes chances de ser escolhido candidato a governador, desde que seja decidido se vai haver candidatura própria. Se o nome for o dela, vou apoiar e apoio. Se o partido decidir por aliança, vou respeitar a decisão do partido”, destacou.

Segundo Odacy, o partido não está no momento de ter disputas internas e sim de montar um projeto para Pernambuco avançar.

Em nota, Miguel afirma que nunca faltou apoio político a Maria Elena

Um dia após a vereadora Maria Elena (PRTB) anunciar a desistência de ser pré-candidata pelo grupo da família Coelho, o prefeito de Petrolina afirmou surpresa com a decisão da edil. Através de uma nota, Miguel alegou estranhamento com as declarações de Elena durante sua fala na Tribuna Livre da Câmara de Vereadores na sessão da quinta-feira (24).

Em sua decisão, Maria Elena disse que a conjuntura não era favorável ao seu nome, já que o irmão de Miguel, Antônio Coelho é o principal nome do grupo político nas eleições para uma vaga na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), conforme disse a própria vereadora durante conversa com a imprensa.

LEIA TAMBÉM:

Maria Elena desiste de concorrer a uma vaga na Alepe

Apesar da possível rusga com a fala da vereadora e ex-secretária de Cultura, Turismo e Esportes durante o primeiro ano de sua gestão, Miguel Coelho afirmou que continuará contando com o apoio de Maria Elena dentro do grupo político na cidade.

Confira a íntegra da nota assinada pelo prefeito de Petrolina:

LEIA MAIS

Maria Elena desiste de concorrer a uma vaga na Alepe

(Foto: Blog Waldiney Passos)

A sessão dessa quinta-feira (24) na Câmara de Vereadores de Petrolina foi marcada pelo anúncio da desistência de Maria Elena a uma sua pré-candidatura para disputar uma vaga na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). Cotada para ser o segundo nome pelo grupo do prefeito Miguel Coelho, a edil explicou sua decisão durante o uso da Tribuna Livre.

A vereadora que recentemente se filiou ao PRTB para disputar as eleições estaduais, creditou sua decisão devido a atual conjuntura política. “A conjuntura política nos mostra um quadro incógnito do ponto de vista da viabilidade e a gente se reportando a uma Petrolina do passado bem recente, a gente via que as forças políticas, existia a condição de um grupo político fazer dois candidatos e a nossa realidade agora é que existem muitas forças políticas e a gente não sabe como eleitor vai reagir agora”, afirmou.

Após discursar na Casa Plínio Amorim, Maria Elena atendeu a imprensa e chamou sua pré-candidatura de uma “aventura” na qual ela não poderia submeter a família e os amigos a um caminho de incerteza. Ela também ressaltou que o grupo Coelho sempre foi claro que a primeira opção era o nome de Antônio Coelho, filho mais novo do senador Fernando Bezerra. “O combinando foi tratado, é claro que o Antônio é o candidato da Casa Grande e eles em momento nenhum me trataram fora do combinando. Eles disseram que ia ter a pessoa da casa deles e eu seria a segunda”.

Questionada sobre sua saída do PSB para o PRTB, decisão tomada para concorrer à Alepe, a vereadora disse ter a intenção de fazer um teste no novo partido. “Eu vou fazer uma experiência no PRTB, é uma coisa que agora não dá [pra dizer] que eu só queria alugar a sigla, confesso a vocês que me doeu muito sair do PSB e agora estou no PRTB que ia me oferecer as condições partidárias e eu não posso ser desleal”, destacou.

Lóssio fala em recuperar estradas e implantar Nova Semente estadual, caso seja eleito Governador de Pernambuco

(Foto: Blog Waldiney Passos)

O ex-prefeito de Petrolina, Julio Lóssio já iniciou sua caminhada como pré-candidato ao Governo de Pernambuco pela Rede Sustentabilidade há alguns meses. No domingo (20) ele discursou ao lado da sua esposa e pré-candidata a deputada estadual, Andrea Lóssio, momento no qual apresentou algumas de suas propostas, caso eleito.

Juntos aos amigos e imprensa local, Lóssio afirmou que sua meta é melhorar as estradas da zona rural. “A prioridade é de melhorar nossas estradas para que o homem do interior possa ir e vir com mais tranquilidade”, afirmou.

LEIA TAMBÉM:

Grupo de Lóssio fala em repetir caminhada das eleições municipais para chegar ao Governo de Pernambuco

Ao lado de amigos, Júlio Lóssio oficializa nome de Andrea como pré-candidata a deputada estadual

Outra bandeira da sua pré-campanha é a implantar o Nova Semente Pernambucana. “Se estão fechando, em janeiro a gente começa a abrir com a força do estado. Esse foi o programa mais exitoso do mundo de educação infantil do mundo. Nenhum lugar conseguiu abrir 190 creches e colocar 10 mil crianças, por isso nós temos oportunidade de falar sobre o Nova Semente na Europa, nos Estados Unidos”, disse em uma crítica direta a atual gestão de Petrolina.

Para o pré-candidato, a base são as crianças e é necessário investir em programas voltados à educação desse grupo. O ex-prefeito aproveitou para alfinetar o atual cenário do programa habitacional Minha Casa, Minha Vida, do Governo Federal. “Eu quero saber quantas casas já chegaram em Petrolina e quantas já estão chegando em outros lugares?”, finalizou.

1234