Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Prefeitura de Araripina emite nota sobre recomendação do Ministério Público de Pernambuco

Raimundo Pimentel afirma em nota, que prática de nepotismo era feita pela antiga gestão. (Foto: Internet)

Na manhã de hoje (8), o Blog Waldiney Passos publicou uma matéria sobre uma recomendação do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) dando o prazo de 30 dias para a prefeitura de Araripina (PE) exonerar todos os ocupantes de cargos comissionados, funções de confiança ou funções gratificadas que possuam grau de parentesco com o gestor, seu vice e membros do secretariado. Segundo o documento emitido pelo MPPE, a determinação visa evitar que o município mantenha em seu quadro pessoas em situação de nepotismo.

LEIA TAMBÉM:

Araripina: MPPE recomenda exoneração de cargos comissionados da Prefeitura sob alegação de nepotismo

Questionada sobre a recomendação, a prefeitura emitiu uma nota informando que “recebeu no dia 04 de janeiro uma recomendação do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) para o cumprimento da Súmula Vinculante 13 do Supremo Tribunal Federal (STF) que trata do tema do nepotismo na administração pública e a qual todos os gestores públicos estão sujeitos e que, de imediato, enviou para a Procuradoria Municipal para análise dos termos do documento e posterior resposta ao MPPE dentro do prazo estabelecido”.

LEIA MAIS