Três anos: missa em homenagem a Eduardo Campos é realizada em Casa Forte

Familiares e políticos prestigiaram a missa em homenagem ao ex-governador Eduardo Campos neste domingo. (Foto: Andréa Rêgo Barros/Divulgação)

A missa deste domingo (13) na igreja Matriz de Casa Forte teve muitas homenagens. O ex-governador Eduardo Campos e o avô dele Miguel Arraes foram lembrados pelo aniversário da morte. Eduardo Campos morreu no dia 13 de agosto de 2014, no litoral de Santos, aos 49 anos, vítima de uma queda de avião. Ele viajava quando fazia campanha para o pleito de presidente da República pelo PSB.

A igreja estava lotada e, assim como Campos, as demais vítimas do acidente foram homenageadas, entre elas o assessor de comunicação Carlos Percol, o fotógrafo Alexandre Severo, que receberam um abraço fraterno do padre Rinaldo, que realizou a cerimônia.

O núcleo político deixado por Campos esteve presente. Participaram o governador Paulo Câmara (acompanhado da primeira dama do estado, Ana Luiza Câmara), o vice-governador de Pernambuco e secretário de desenvolvimento, Raul Henry (com a esposa Luiza Nogueira) e o prefeito do Recife Geraldo Julio (acompanhado da esposa Cristina Melo). Também compareceram o secretário de Educação do Recife, Alexandre Rebêlo; o presidente da Assembleia Legislativa, Guilherme Uchôa; o deputado estadual, Aluisio Lessa.

Da família, compareceram a viúva Renata Campos com os filhos Miguel, José e João Campos e a mãe do ex-governador, a ministra Ana Arraes. O irmão e candidato derrotado na eleição para a prefeitura de Olinda, Antônio Campos, também esteve presente.

Antes celebrada pelo padre Edwaldo Gomes, que faleceu há um mês, a cerimônia de hoje foi realizada pelo padre Rinaldo, da Igreja Madre de Deus, com ajuda do diácono Aerton, da matriz de Casa Forte. Aos fiéis frequentadores do templo, foi divulgado que quem assumirá a paróquia será o Padre Davyson Soareas, encaminhado pelo Arcebispo de Recife e Olinda, Dom Fernando Saburido.

Deixe uma resposta