Univasf tem mostra de fotografias que afirma a identidade negra

fotografia exposição

Título da fotografia: O alimento é o ar. José Pereira, estudante.

Mostrar a importância da afirmação da identidade negra na construção de vida e memória. Esse é o objetivo da exposição fotográfica “Protagonismo Negro: o retrato enquanto documento social”, de Candice Machado, estudante do curso de Artes Visuais da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf). São 37 obras que compõem seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e estarão disponíveis para visitação até o dia 11 de março, das 8h às 18h, no Hall da Reitoria, no Campus Centro, em Petrolina (PE).

A parte prática do processo de construção do trabalho, que compreende entrevistas e fotografias, iniciou no segundo semestre de 2015 e durou seis meses. “Foi um processo bastante intenso, porque eu pedi que as pessoas escolhessem os lugares simbólicos onde elas queriam ser fotografadas, bem como as roupas”, destaca Candice.

A exposição tem curadoria do professor do Colegiado de Artes Visuais da Univasf, Elson Rabelo, que também é orientador do TCC de Candice. As fotografias expostas são de personagens de Juazeiro, Petrolina e cidades vizinhas, de idades e classes sociais diferentes. “Eu fui selecionando pessoas da minha convivência visual e que eu achava que tinham algo a dizer sobre essa questão da afirmação”, explica a autora.

Para a estudante, é importante falar sobre a temática, porque é um tema atual e que precisa ser discutido. Ela destaca ainda que a exposição é uma prévia da apresentação do seu TCC que acontecerá no início do mês de março. “A exposição irá contribuir para que as pessoas que vêm visitar possam também assistir à apresentação do TCC e entender o processo”, afirma Candice.

Deixe uma resposta