Aero afirma que Prefeitura seguiu protocolo na elaboração da LDO; Valgueiro cita descumprimento da legislação

Líderes comentam projeto da LDO, que deve ser votado nos próximos dias (Foto: Blog Waldiney Passos)

A terça-feira (27) na Câmara de Vereadores de Petrolina está sendo destinada a discussão da Lei das Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o próximo ano. Representantes da Prefeitura estão nesse momento na Casa Plínio Amorim apresentando as ações do Poder Executivo e quais as prioridades do Governo até o final de 2020.

LEIA TAMBÉM:

Mesmo com Audiência Pública para discutir LDO, Câmara de Petrolina terá sessão

Antes das discussões no Plenário, os líderes da Situação e Oposição conversaram com a imprensa. Primeiro a falar, Aero Cruz (PSB), líder do Governo, criticou o jogo dos adversários os quais alegam que o debate de hoje é protocolar. “As emendas foram entregues no prazo correto, todos os vereadores colocaram suas emendas. Como todos os anos tem a Audiência Pública, é regimental. As sugestões foram discutidas nas comissões”, destacou.

Questionado pela ausência de audiências antes de o projeto de Lei da LDO ser encaminhado à Câmara, Aero foi categórico: “em todas essas demandas a comunidade foi ouvida, ouvida pelos vereadores”, concluiu.

Oposição critica postura do Executivo

Já Valgueiro e a Oposição discordam de Aero. Segundo o líder, o atual projeto da LDO é irregular. “Vou continuar sendo teimoso, porque enquanto o governo não estiver cumprindo a legislação, eu vou continuar teimando. A Lei de Responsabilidade Fiscal que rege a elaboração dos orçamentos diz que a Audiência Pública deve ser feita quando da elaboração da LDO. A gente já está na fase final, possivelmente a gente vote na próxima quita-feira. O prazo para elaboração das emendas terminou dia 20, nossas emendas vieram para suprir essa falta de discussão”, concluiu.

Deixe uma resposta