Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Após manifestação, motoristas de Uber comemoram Decreto do Executivo que modificará lei aprovada na Câmara Municipal

Motoristas prestadores de serviço via aplicativos de celular se reunirem na manhã dessa segunda-feira (24) em frente à Prefeitura de Petrolina, para cobrar mudanças na Lei do Uber. Sancionada de forma integral no dia 13 de setembro, a Lei nº 3.094/2018 ganhará um Decreto do Poder Executivo ainda hoje, conforme anunciado pela gestão de Miguel Coelho.

Inicialmente os motoristas realizaram um buzinaço na Avenida Guararapes, deixando o trânsito lento. Agentes da Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA) foram acionados e dialogaram com representantes do movimento, acertando a retirada dos veículos para a Orla da cidade.

LEIA TAMBÉM:

Com sanção de Miguel, projeto que regulamenta Uber em Petrolina agora é lei

Dois líderes da categoria se reuniram com Miguel Coelho na Prefeitura, para apresentar as demandas e após pouco mais de meia hora os motoristas de Uber comemoraram as novidades. Um dos representantes do movimento, Rafael Ferreira conversou com o Blog e falou sobre as conquistas.

Trânsito na Avenida Guararapes ficou lento durante buzinaço (Foto: Blog Waldiney Passos)

“Os pontos que ficaram acordados é que, aquela regulamentação que havia sido feita anteriormente [a Lei Municipal], boa parte dela deixa de existir, foi derrubada através dos decretos que ele fez. O outro Decreto que já estava pronto e iria ser publicado no dia de hoje também teve uma alteração, porque alguns pontos desse decreto não mudariam a regulamentação”, destaca Rafael.

As principais mudanças celebradas pelos motoristas de Uber foram a extensão do ano do carro e mais tempo para licenciamento do veículo com placa de Petrolina.

Ainda segundo Rafael, com as alterações na chamada Lei do Uber, o grupo já planeja se fortalecer criando uma associação para os mais de 800 profissionais que atuam no Vale do São Francisco via aplicativos.

Deixe uma resposta