Governo oficializa novos patrimônios vivos de Pernambuco

Claudionor Germano, Mestre Zé Lopes e Dedé Monteiro foram alguns dos contemplados.( Foto: Alcione Ferreira/DP/Divulgação)

O Governador Paulo Câmara revelou, na manhã desta quinta-feira (21), os nomes dos novos patrimônios vivos de Pernambuco.

O ato ocorreu no Palácio do Campo das Princesas e também contou com a titulação dos Caboclinhos como Patrimônio Cultural Imaterial do estado, além da apresentação do 2º Prêmio Ayrton de Almeida Carvalho de Preservação do Patrimônio Cultural do Estado de Pernambuco e o 2º Prêmio Ariano Suassuna de Cultura Popular e Dramaturgia.

Neste ano, foi sancionada a Lei do Registro do Patrimônio Vivo de Pernambuco, que duplica a quantidade de contemplados de três para seis por ano.

O evento contou com a presença do atual Ministro da Cultura Roberto Freire e da produtora e empresária Maria do Céu, que foi nomeada na última terça-feira (20) como a nova Representante do Ministério da Cultura no Nordeste.

Os diplomados de 2016 como patrimônios vivos foram o cantor Claudionor Germano, o mestre João Elias Espíndola (de Poção), José Lopes da Silva (Mestre Zé Lopes, de Glória do Goitá), José Rufino da Costa Neto (Dedé Monteiro), o Clube Carnavalesco Seu Malaquis, representado pelo presidente Claudio Oliveira e a Sociedade Musical 15 de Novembro, sob representação do presidente Almir Silva.

Na solenidade, também foi assinada a Lei da Funcultura, que estabelece novas modalidades de financiamento, microprojetos, mecenato e o credcultura.

Fonte Diário de Pernambuco

Deixe uma resposta