Aulas práticas presenciais já foram retomadas na Faculdade UniFTC de Petrolina

(Foto: Ascom/UniFTC)

A primeira turma que participou das atividades foi do curso de Psicologia, nesta quinta-feira (24), no turno noturno. A instituição afirma que o acesso ao campus  para retomar os estudos dentro do “novo normal” é feito seguindo todo o protocolo de Biossegurança.

Segundo a assessoria de comunicação da UniFTC de Petrolina (PE), antes de entrar nas salas de aulas, todos os estudantes cumpriram as recomendações de higiene para o enfrentamento da Covid-19. Cada aluno foi submetido a algumas perguntas necessárias para proteção, sanitizou os pés, respeitou o distanciamento, higienizou as mãos e mediu a temperatura com o auxílio do sistema de aferição de temperatura corporal.

Após seguir os primeiros passos antes de ter acesso ao campus, a turma prosseguiu com tranquilidade para o setor de entrega do protetor facial. O acessório é mais um equipamento de proteção individual que garante a segurança de toda a comunidade, por isso, é um dos itens que deve ser usado obrigatoriamente por colaboradores, professores e discentes dentro da instituição.

Dentro dos principais espaços da faculdade, foi montada também uma ambientação informativa, que orienta os presentes sobre as condutas mais seguras e os estimula sobre a prevenção para o bem de todos. “É muito importante que o aluno siga as orientações da estrutura que foi montada de forma especial para recebê-los“, informou o diretor da UniFTC de Petrolina, Andrei Mello.

“O estudante precisa pisar no tapete de desinfecção, verificar sua temperatura, limpar as mãos com álcool 70%, receber os equipamentos de proteção e só então estará preparado para dar início às atividades com segurança”, afirmou.

Com o apoio dos professores do Colegiado de Enfermagem da Faculdade UniFTC de Juazeiro, foi organizado um plantão de vigilância epidemiológica baseado no protocolo de biossegurança. “Se o aluno apresentar algum sintoma gripal, será avaliado por profissionais de saúde. A depender do horário ou dos sintomas apresentados, daremos encaminhamento de forma segura para Unidades Básicas de Saúde (UBS) ou Unidade Pronto Atendimento (UPA) e, em casos de urgência, o SAMU será acionado. Caso o aluno se recuse a receber os atendimentos, ele terá que assinar um termo de recusa”, frisou a professora da UniFTC e enfermeira Andrea Coelho.

As aulas teóricas em Petrolina, assim como em todas as outras unidades da UniFTC, permanecem sendo realizadas de maneira virtual, conforme orientação do Ministério da Educação (MEC).

Deixe uma resposta