Bancada da Oposição diz que UPA do Arruda é retrato do descaso com a saúde pública em Pernambuco

Upa destruida 1

Segundo informações do Bloco de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), a “UPA do Arruda, anunciada pelo Governo do Estado, em 2012, é um exemplo de descaso com a saúde pública e com o patrimônio dos pernambucanos. Pronta desde outubro de 2014, a unidade de saúde ainda não serviu ao seu propósito: prestar atendimento médico aos cerca de 32 mil moradores do Arruda e bairros vizinhos”, diz a nota.

Quem assina a denúncia em nome da Bancada dos parlamentares de Oposição é o deputado estadual, Silvio Costa Filho (PTB) que aproveitou o período pós-Carnaval para visitar a unidade, atendendo aos apelos de moradores da região que encaminharam denúncia à Oposição pelo Pernambuco de Verdade. Na visita, o parlamentar afirma comprovar um cenário de completo abandono da UPA, que hoje se encontra sem nenhuma condição de uso.Upa destruida 2

Por causa do tempo parada, a unidade está com as instalações elétricas deterioradas, vidros quebrados e instalações hidráulicas danificadas. “O Governo investiu cerca de R$ 6 milhões nesta obra e, hoje, se quiser coloca-la em operação vai precisar gastar pelo menos mais R$ 1 milhão criticou Costa Filho.

Para o deputado, o mais grave é que apesar do quadro de carência de atendimento na Capital pernambucana, nem o governador Paulo Câmara, nem o prefeito Geraldo Júlio, que teria o papel de cobrar uma posição de seu aliado, se pronunciam sobre o empreendimento.

Deixe uma resposta