Banda Pega Leve comemora 15 anos de história musical e um ano do Clube Zé Matuto em Petrolina no sábado

Elisson Pega leve 1

A banda baile Vitrine Musical começou a tocar no Vale do São Francisco no ano 2000, era uma brincadeira entre amigos que se uniram para fazer animação em festa de formaturas e aniversários de 15 anos em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, e em Juazeiro, no norte da Bahia. Em 2001, com a chegada do forró universitário surge a ideia de inserir Zabumba, Triângulo e Sanfona e o grupo passa a ser chamado de Banda Pega Leve.

É nessa nova roupagem que o músico, compositor e vocalista, Elisson Castro, de 37 anos, lembra da trajetória da banda de forró formada por oito músicos. Em entrevista concedida a reportagem do Blog Waldiney Passos, nesta quinta-feira (18) Elisson conta os desafios e alegrias para trilhar o caminho do sucesso na região e no cenário nacional.

De acordo com o músico em 2016 a Pega Leve entra no décimo quinto ano e, com a caracterização de instrumentos que integram o som do autentico forró pé de serra, “ a gente viu que às pessoas começaram a gostar mais do nosso som a se identificar com as nossas músicas e partindo dessa inspiração do resgate do forró pé de serra na ótica do forro universitário, mas o nosso som foi se moldando e hoje é bem mais nordestino”, conta o músico.

Questionado sobre a intervenção da indústria cultural na grande mídia com músicas de conteúdo pejorativo, Castro destacou que “algumas coisas eu não aprovo quando partem para baixaria, pois a mensagem que banda (Pega Leve) passa é de músicas que tenham letras inspiradas nos ícones que resgatam a história do pé de serra como Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro entre outros, porém respeito as renovações pois tudo tem renovação e a gente tem que respeitar as renovações”, pontuou.

Para comemorar a trajetória de 15 anos da Banda Pega Leve e um ano do espaço artístico, Casa Zé Matuto a Casa do Cancioneiro Nordestino localizada na BR 428 na saída para Recife bairro Padre Cícero em Petrolina, no sábado (20) às 22h acontece um encontro de feras da sanfona sertaneja. Participam do evento Targino Gondim, Chambinho do Acordeon e a banda Pega Leve.

Deixe uma resposta