Campanha 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher será intensificada em Juazeiro

(Foto: divulgação)

A Campanha que tem o objetivo de criar uma ligação entre violência de gênero e direitos humanos, é uma mobilização que acontece anualmente e é realizada com a participação de diversos atores da sociedade civil e poder público.

Na próxima terça-feira (05), será realizado o seminário “Novos Olhares, Novos Tempos”, que irá capacitar gestores dos municípios do Território do São Francisco para atuação com Políticas Públicas voltadas às mulheres. O evento acontece no auditório da FASJ, em Juazeiro, a partir das 8h.

O evento será promovido pela Secretaria estadual de Políticas para as Mulheres (SPM), com apoio da Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade (SEDES),

Na quarta-feira (06), no auditório do CIAM, a partir das 14h, acontece também dentro da programação dos 16 Dias de Ativismo, a apresentação da Rede de Atendimento e Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de Juazeiro. A Rede que se reúne bimestralmente tem o objetivo de colher informações concretas sobre a situação atual da violência contra a mulher no município e demandar ideias para enfrentamento do problema.

A apresentação para a comunidade e imprensa, que será feita pelo promotor de Justiça Dr. Samuel Luna, contará com a presença de representantes da Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade (SEDES), Ministério Público, Tribunal de Justiça, Ronda Maria da Penha, Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Defensoria Pública, Polícia Civil e demais órgãos que compõem a Rede.

Ao longo da campanha serão desenvolvidas atividades de conscientização abordando o tema da violência doméstica, desde a prevenção ao enfrentamento.

Em Juazeiro, parceiros como Diocese de Juazeiro, através da Pastoral da Mulher, Polícia Militar, Univasf, e diversas entidades de luta contra a violência atuarão junto à gestão municipal. O encerramento será no dia 11 de dezembro, no Juá Garden Shopping, com a exibição do filme “Quebrando o silêncio”, que aborda de forma crítica a violência contra a mulher na sociedade atual.

Deixe uma resposta