Caso Beatriz: delegada Gleide Ângelo chega a Petrolina e encontra-se com MPPE

A nova delegada da Polícia Civil de Pernambuco, Gleide Ângelo, chegou em Petrolina (PE) nesta terça-feira (13). Ela foi designada para compor a equipe da força-tarefa para resolução do caso Beatriz, que foi morta a facadas no Colégio Maria Auxiliadora. Gleide Ângelo esteve presente em uma reunião com representantes do Ministério Público de Pernambuco (MPPE).

Gleide Ângelo afirmou que este foi o primeiro contato e que ainda vai analisar os 13 volumes do inquérito. “Eles estão organizando para nos entregar na quinta-feira (15) para a gente começar a analisar. A gente vai analisar, ver tudo para tomar as providências. Vamos dar continuidade às investigações”, declarou a delegada responsável.

De acordo com a delegada, Marceone Ferreira, delegado de Petrolina, que até então estava à frente das investigações, também fará parte da equipe. “O delegado Marceone continua nas investigações com a gente e estamos aqui para dar continuidade e chegar a um desfecho que todo mundo quer, inclusive nós. Teremos dois peritos conosco à disposição. A gente vai ter também uma equipe de polícia e escrivães para nos ajudar e vai vir outro delegado. Então vamos ter uma equipe boa, uma equipe grande, porque está na hora de dar uma resposta, todo mundo quer”, afirmou a delegada Gleide.

Com informações do G1

Deixe uma resposta