CertiGov: Consultoria atesta as empresas com padrões éticos adequados

(Foto: Ilustração)

Uma consultoria atuante no mercado de tecnologia da informação aproveitou o “filão” da Operação Lava Jato e implantou uma certificação que atesta que as empresas que trabalham com o governo federal seguem condutas de ética e práticas anticorrupção.

A consultoria Paseli entende que há mercado para a venda de certificações que atestem que empresas têm padrões éticos adequados. Para a consultoria, é uma nova frente de negócios.

“O CertiGov é fruto da Lava Jato. O certificado avalia se as empresas de fato elas estão aptas para prestar serviços para os órgãos públicos”, explica Pamela Ariane da Silva, diretora da Paseli Consulting, que certifica empresas nacionais e multinacionais da área de tecnologia.

Os potenciais clientes são empresas nacionais e multinacionais que querem provar que são idôneas. Outra demanda é de grandes empresas que querem assegurar que seus fornecedores sigam os seus padrões éticos – a certificação seria um caminho, explica a consultoria.

A certificação custa entre R$ 25 mil e R$ 50 mil, pois depende do porte da empresa e do número de funcionários.

Deixe uma resposta