Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Ciclistas ocupam ruas de Petrolina e cobram justiça para Anaelton e Rogério

O silêncio e o sentimento de impunidade tomaram conta da Orla de Petrolina no início da manhã desse domingo (13), quando familiares, amigos e colegas de pedal de Anaelton Rodrigues e Rogério Teles fizeram um protesto pacífico cobrando justiça e mais respeito aos ciclistas da cidade.

Com balões pretos amarrados nas bicicletas, os manifestantes – integrantes de vários grupos de pedal da região – saíram da Orla por volta de 8h e seguiram pelas principais avenidas de Petrolina, num percurso de pouco mais de 13 km escoltados por equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Militar e da Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA).

Protesto cobra justiça

A manifestação foi organizada pelas famílias dos dois ciclistas, mortos em 23 de dezembro enquanto pedalavam na BR-428, na zona rural. Lucas Roberto da Silva Amorim, condutor do veículo que atropelou os amigos estava alcoolizado e com sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) provisória vencida. Apesar disso, foi liberado e aguarda decisão da Justiça em liberdade.

Esposa de Anaelton, Keyla Kaelly conversou com a nossa equipe e questionou a decisão do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) de liberar Lucas após a Audiência de Custódia. “Ele está solto porque, quem era pra pedir a prisão dele que era o Ministério Público foi quem pediu para ele ficar solto dizendo que ele não trazia perigo à sociedade. Ele já estava com a habilitação provisória vencida, matou duas pessoas alcoolizado e não oferece perigo à sociedade?”, comentou.

Em busca de agilizar a situação do processo Keyla contratou uma advogada. Já a família de Rogério se disse muito abalada e sem condições de lidar com todo o parecer jurídico no momento, optando por esperar o andamento do processo que está sob competência do MPPE.

4 Comentários

  • Wellington

    13 de janeiro de 2019 at 12:29

    O POVO DO NORTE E NORDESTE TEM QUE SE UNIR PARA COBRAR DO GOVERNO FEDERAL RECURSOS PARA ESSAS REGIÕES E SE HOUVER A LIBERAÇÃO O POVO TEM QUE FICAR DE OLHO NOS PARTIDOS POLITICOS QUE DIZ REPRESENTAR O POVO E DESVIAM O DINHEIRO QUE É PARA INVESTIR NOS ESTADOS. O POVO PODE ACIONAR DENUNCIAR E PROTESTAR 0800 do MPF,STF, OAB E PF TEM O DIREITO E DEVER DE FISCALIZAR ANALIZAR PUNIR E BANIR TAIS CORRUPTOS E OMISSOS QUE USAM E ABUSAM DO PODER. ACORDA PERNAMBUCO JÁ .

    Responder
  • Wellington

    13 de janeiro de 2019 at 12:33

    OS CORRUPTOS E OMISSOS NÃO TÃO NEM AÍ PARA O POVO E AÍ. ACORDA POVO SE UNIR E ACIONAR O MPF, STF, PF E TCE/ PE JÁ ESSES ÓRGÃOS DEVE SER ACIONADO E COBRADO PARA PUNIR E BANIR PARTIDOS POLÍTICOS E GESTORES CORRUPTOS E OMISSOS. ACORDA PERNAMBUCANO.

    Responder
  • Ricardo Oliveira

    13 de janeiro de 2019 at 23:37

    Se querem cobrar justiça, protestem contra o governo por ciclovias e/ou ciclofaixas. A imprudendencua começa com a atitude insana dos próprios ciclista que senten-se no direito de ocupar asfalto de rodovias próprias para veículos e muitos deles fechando sinais de trânsito tirando o direito à preferência dos veículos.

    Responder

Deixe uma resposta