Cirurgia de mudança de sexo através do SUS integrará rede na Bahia

(Foto: Internet)

Para realizar qualquer procedimento é preciso ter idade mínima de 18 anos. (Foto: Internet)

A primeira unidade hospitalar de saúde pública a realizar o processo transexualizador através do Sistema Único de Saúde (SUS) pode ser da Bahia. Após receber autorização da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), o Complexo Hospitalar Universitário Professor Edgard Santos (Hupes), conhecido como Hospital das Clínicas, aguarda habilitação do Ministério da Saúde (MS) para iniciar o atendimento às pessoas transexuais e transgêneros.

De acordo com a endocrinologista responsável pelo Ambulatório Transexualizador do Hupes, Luciana Barros Oliveira, será oferecido suporte durante todo o processo, desde o atendimento psicoterapêutico até a hormonioterapia.

“Vamos oferecer atendimento tanto com psiquiatras, quanto com psicólogos, por no mínimo dois anos. Além de acompanhamento endrocrinológico e orientação do homonioterapia, porque a gente sabe que muitas pessoas trans fazem homonioterapia por conta própria, que, geralmente, aumentam o efeito colateral e não trazem benefícios reais em aspecto estético, mudança e adequação do corpo”, informou. 

As pessoas que desejam realizar modificações corporais, em função de um desacordo entre seu sexo biológico e o seu gênero, são assistidas pelo SUS desde agosto 2008, quando o MS publicou a Portaria Nº 457.

“Pela portaria, também ofereceremos acompanhamento até um ano depois da cirurgia, que é para ajudar nessa adaptação desse corpo novo, de seu funcionamento. E, depois disso, a pessoa vai seguir fazendo só a hormonioterapia, que se torna necessária a toda pessoa trans”, destacou a endocrinologista.

Luciana Barros também garante que todos os funcionários – dos que trabalham na segurança da clínica aos que realizam procedimentos cirúrgicos – foram capacitados para melhor atender o público em questão.

“Esperamos que o Ministério da Saúde nos autorize o mais rápido possível, porque já estamos preparados para começar o atendimento”, afirmou.

Para realizar qualquer procedimento é preciso ter idade mínima de 18 anos. Em se tratando de cirurgia para mudança de sexo, a idade mínima é de 21 anos.

Fonte Tribuna da Bahia

Deixe uma resposta