Com debate acalorado, Situação derruba Requerimento apresentado por Paulo Valgueiro

Situação derrubou Requerimento por 14×4 (Foto: Blog Waldiney Passos)

Mais uma vez as bancadas da Oposição e Situação se dividiram para votar um Requerimento. Dessa vez a proposta era Paulo Valgueiro (MDB), pedindo uma audiência pública para tratar da demissão dos professores da rede municipal.

LEIA TAMBÉM:

Câmara de Petrolina analisará pedido de audiência sobre reorganização do quadro de professores

O Requerimento número 272/2019 foi derrubado por 14×4 votos, a pedido do líder da Situação, Aero Cruz (PSB) o qual classificou a solicitação de “politicagem”. Durante as justificativas para derrubar o pedido, os vereadores governistas alegaram que a Comissão de Educação da Câmara já havia se reunido com a secretária Margareth Zapponi.

Presidente da Comissão, Maria Elena de Alencar (PRTB) chegou a elogiar Margareth. “Quero mandar meu abraço e reconhecimento [à secretária] da Comissão por ter coragem para reorganizar a educação e parte da Oposição se aproveita para fazer palanque político”, ressaltou a edil.

Autor do pedido de destaque, Aero voltou a desqualificar a reivindicação. “Nós temos avançado muito na educação, o que aconteceu nesse fato é a gente vê vereador fazer carnaval é que a professora efetiva do quadro voltou. Educação não tem bandeira política”, pontuou o líder governista.

Por outro lado, Valgueiro retornou a criticar a postura da Situação e não poupou críticas à gestão. “Somos defensores do respeito e organização, defendemos que os servidores sejam concursados, mas é preciso que se respeite. Na hora que a gestão tomou a decisão errônea de realizar dois concursos e uma seleção, é no mínimo desrespeitoso você chegar no meio da aula e falar que o professor está demitido. A gente quer discutir no plenário e não fazer reuniãozinha em sala fechada com a secretária e alguns vereadores que defendem tão pouco o povo“, concluiu.

Deixe uma resposta