Com menos de 10% de valor arrecadado, Lucinha Mota pede contribuição em vaquinha para ajudar investigação do Caso Beatriz

Prazo para arrecadar meta é 24 de novembro (Foto: Jean Brito)

Lucinha Mota, mãe de Beatriz Angélica Mota, voltou a pedir a colaboração da sociedade na vaquinha on-line criada pela família da garota, morta em 2015. Com a meta de arrecadar R$ 75 mil até o próximo dia 24, até o momento pouco mais de 8% do valor estimado já foi obtido.

LEIA TAMBÉM:

Lucinha Mota lança campanha virtual para arrecadar fundos e dar continuidade às investigações particulares do caso Beatriz

“Já são quase quatro anos e até o momento não tivemos nenhuma prisão dos assassinos de Beatriz. Estamos fazendo uma investigação paralela, essa quantia que colocamos como objetivo para arrecadar é para contratar profissionais especializados na área de segurança, profissionais da área de informática, custo de viagens e despesas”, destacou Lucinha em um vídeo divulgado nas redes sociais.

Doações

Quem puder contribuir pode doar o valor mínimo – R$ 25 – via internet ou pessoalmente em dois pontos de arrecadação. Em Petrolina, basta ir ao Mercadinho Marcílio, em frente à Praça do Peixe (Centro e em Juazeiro, no Shopping Águas Center, no Café Colonial.

“Quem puder colaborar e ajudar para que a nossa investigação paralela possa vir a contribuir com a investigação que está em curso pela Polícia Civil de Pernambuco nós ficaremos agradecidos”, finalizou a mãe de Beatriz.

Deixe uma resposta