Comércio estima crescimento de quase 2% com Dia dos Namorados

Comemorado daqui a uma semana o Dia dos Namorados deve elevar em 1,9% a venda no comércio brasileiro. O dado é uma estimativa da Confederação Nacional do Comércio (CNC), divulgada hoje (6), o que representa uma melhora pelo terceiro ano consecutivo na economia nacional.

Em 2015 o comércio teve perda de 1,1% e em 2016 a redução nas vendas foi ainda maior, chegando a 4,9%. Contudo, 2017 trouxe uma recuperação do comércio de 2,5% e em 2018 a estimativa ficou em torno de 1,5%. Segundo a CNC, a data é a sexta mais importante para o calendário varejista do país.

Para 2019 deve haver uma movimentação de R$1,64 bilhão com a data comemorada no dia 12 de junho. O principal segmento do comércio relacionado ao Dia dos Namorados é o de vestuário e acessórios, cuja expectativa de crescimento é 3,1% em relação ao ano passado.

Em segundo lugar ficam os hiper e supermercados, com expectativa de movimentar R$553,1 milhões, seguido pelos artigos de uso pessoal e doméstico, com meta de R$243,4 milhões. “De fato, segundo levantamento mensal do Banco Central, a taxa média de juros nas operações de crédito destinadas às pessoas físicas, que havia encerrado o ano passado no patamar mais baixo (48,9% ao ano), desde setembro de 2014 (+48,3% a.a.) vem apresentando clara tendência de alta, atingindo atualmente 53,6%. Com isso, a prestação média simulada de empréstimos e financiamentos cresceu 5,0% desde dezembro do ano passado, dificultando, portanto, a ampliação do consumo a prazo”, diz nota da CNC.

Deixe uma resposta