Confusão entre integrantes do “grito dos excluídos” e Guarda Municipal marca desfile de 7 de setembro em Petrolina

Momento em que a vereadora Cristina Costa é atingida com spray de pimenta. (Foto: ASCOM Cristina Costa)

Na manhã dessa quinta-feira (7), durante o desfile cívico de Independência do Brasil em Petrolina, uma confusão entre os integrantes do “grito dos excluídos” e a Guarda Municipal marcou a comemoração desse 7 de setembro.

De acordo com informações do grupo de WhatsApp “Petrolina News”, ao passar em frente à Prefeitura Municipal, alguns integrantes do “grito dos excluídos” começaram a atacar agentes da Guarda Municipal com pedras. Militantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e da Central Única dos Trabalhadores (CUT) teriam dado início ao desentendimento.

A vereadora Cristina Costa (PT) se envolveu no conflito e foi atingida por spray de pimenta que teria sido lançado pelo Secretário de Segurança do município, José Silvestre. De acordo com a parlamentar, o secretário é quem teria começado a confusão jogando spray de pimenta nos militantes, inclusive nela.

2 Comentários

  • Reginaldo

    7 de setembro de 2017 at 17:20

    Infelizmente estão distorcendo o fato , não sei se é pra proteger o secretário da guarda o sr. Silvestre , pois eu estava no local e presenciei tudo, quem jogou spray foi o secretário em momento algum houve agressão por parte do grito dos excluídos e nem agressão por parte dos guardas.

    Responder
  • Sempre Atento

    8 de setembro de 2017 at 10:48

    Se não me falta a memória este baixinho ai careca do lado direto não é policial rodoviário federal,será que esta comendo lá e cá,este novo tempo de novo não tem é nada,virou um lugar de cabide de emprego,pra quem não precisa.

    Responder

Deixe uma resposta