Corpo encontrado na Bahia pode ser de criança sequestrada em Brasília

Bernardo está desaparecido desde a semana passada (Foto: Arquivo Pessoal)

Um caso que chocou o Distrito Federal se estendeu para a Bahia, mais precisamente na região da Chapada Diamantina. O caso do menino Bernardo da Silva Marques Osório, de apenas 1 ano e 11 meses ganhou destaque na capital, quando o pai do garoto, Paulo Roberto de Caldas Osório sequestrou o pequeno no dia 29 de novembro.

Cadeirinha encontrada (esq.) é similar a usada pela criança

Na tarde de quinta-feira (5) a Polícia Civil da Bahia localizou um corpo na zona rural de Palmeiras, na Chapada. De acordo com a PC, a roupa bate com a utilizada pelo garoto no dia do desaparecimento. Uma cadeirinha infantil também foi encontrada perto ao corpo e é parecida com a usada pelo garoto.

Exame de DNA

Mesmo com as evidências, a Polícia Civil apenas vai confirmar se é mesmo Bernardo quando sair o resultado do exame de DNA. Paulo Osório é funcionário do Metrô do Distrito Federal e confessou ter matado o filho dando suco de uva com remédio para dormir.

Para a Polícia Civil do DF, Paulo planejou o crime, por vingança contra a mãe da criança, a advogada Tatiana da Silva Marques, 30, e a ex-sogra, Juciane Mascarenhas Nascimento, 57. Ele já cumpriu pena de 10 anos por matar a mãe, em 1992.

Deixe uma resposta