Covid-19: secretário de Saúde da Bahia afirma que prefeitos do interior não querem testar pacientes

Vilas-Boas já chegou a trocar farpas com Paulo Bomfim, prefeito de Juazeiro durante a pandemia (Foto: Reprodução)

Os prefeitos do interior não querem realizar a testagem de covid-19 para não elevar os dados em pleno período eleitoral. Foi o que afirmou o secretário de Saúde da Bahia (Sesab), Fábio Vilas-Boas. Na terça-feira (13) ele concedeu entrevista à TV Bahia e também criticou as aglomerações nos atos políticos.

LEIA TAMBÉM

Secretaria da Saúde da Bahia recomenda proibição de comícios, passeatas e caminhadas durante campanha eleitoral

“No sábado nós enviamos à Justiça Eleitoral uma recomendação para que a Justiça Eleitoral proíba os eventos de caminhada e comícios presenciais. Dezenas de municípios estão se recusando a testar a população, com medo de aparecerem casos e isso ter impacto eleitoral”, afirmou.

Vilas-Boas classificou essa omissão dos gestores como algo “extremamente grave”. Isso porque os “municípios estão querendo colocar para debaixo do tapete” o real cenário da pandemia às vésperas do pleito que elege justamente os prefeitos.

Sem papas na língua

Essa não é a primeira vez que Vilas-Boas expõe críticas aos gestores municipais. Logo no início da pandemia, o secretário estadual de Saúde trocou farpas com o gestor de Juazeiro, Paulo Bomfim (PT), que é aliado do governador Rui Costa (PT).

Em julho, Bomfim alegou que Vilas-Boas não tinha compromisso com o povo. O titular da Sesab rebateu e destacou o investimento estadual, inclusive no município, com a abertura de leitos e o suporte aos pacientes com a covid-19.

 

 

Deixe uma resposta