Denúncia: após descaso do Dom Malan, gestante perde bebê e está em estado grave; Criança que faleceu sumiu

(Foto: arquivo)

Um homem fez uma denúncia, na manhã desta quarta-feira (9), no programa ‘Super Manhã’, com Waldiney Passos, na rádio Jornal, sobre o descaso do Hospital Dom Malan Imip. Pedro Portugal, que reside no bairro Henrique Leite, em Petrolina (PE), afirmou que seu sobrinho recém-nascido foi vítima do mal atendimento da unidade hospitalar.

De acordo com Pedro, sua cunhada estava grávida de gêmeos, fez o pré-natal e foi constatado que as crianças estavam em ótimo estado. Contudo, segundo Pedro, na tentativa do hospital de induzir o parto normal, a gestante teve complicações e um dos bebês nasceu sem vida. A outra criança está na UTI e a mãe se encontra em estado grave.

(Foto: Waldiney Passos)

“A saúde de Petrolina é uma vergonha e , infelizmente, a vítima do descaso foi um sobrinho meu. Minha cunhada vinha grávida de gêmeos, deu entrada no último sábado, quando ficou internada. Tiraram a ultrassom no domingo, viram que as crianças tinham quase 4kg cada uma. Tudo normal! Mas, por tentar induzir o parto normal, houve essa fatalidade. Inclusive, na semana retrasada um amigo meu estava na mesma situação e tirou a gestante para levar para Juazeiro. O prefeito tem que acordar. Essa saúde de Petrolina está uma calamidade”, criticou Pedro.

Para piorar a situação, Pedro afirmou que o hospital não dá informações sobre a criança que nasceu sem vida. “Ninguém sabe onde está esse bebê, ninguém explica nada. A criança sumiu”, afirmou.

Deixe uma resposta