Depois de grande repercussão, idosa é transferida para o HU-Univasf em Petrolina

(Foto: Divulgação)

No final da tarde desta terça-feira (5) a idosa Alvina Maria de Araújo, de 82 anos, conhecida como “Neneca”, conseguiu a transferência para o Hospital Universitário de Petrolina (HU-Univasf). Segundo uma acompanhante, a idosa ficou em uma maca no corredor e só foi transferida para um leito, na tarde de hoje (6).

Uma das acompanhantes de Dona Neneca, Gessica Dayane entrou em contato com o Blog, para informar que a idosa foi transferida para o HU, mas que ficou no corredor do hospital, por quase 24h, aguardando um leito.

“Ela só foi transferida por conta da repercussão e da pressão feita pela mídia, tanto que ficou no corredor, porque não tinha um leito livre. Foi muito difícil, porque no corredor tinham outros homens e tínhamos que levar ela ao banheiro para fazer a sua higiene pessoal, além de tratar seus ferimentos”, informou.

Além do fêmur fraturado, diversos ferimentos surgiram no corpo da idosa, devido ao colchão inadequado que ela utilizou durante os oito dias de internamento no Hospital Regional de Juazeiro. Um colchão novo foi doado para a idosa e o grupo continua recebendo doações de fraldas geriátricas.

Gessica ainda informou, que a expectativa é que Dona Alvina seja operada até sexta-feira (8) de acordo com o resultado dos exames que foram feitos hoje (6).

Quem tiver interesse em ajudar, pode doar fraldas geriátricas e fazer uma visita a dona Alvina passando uma noite ou um dia como acompanhante da idosa no hospital. Outras informações podem ser adquiridas através dos telefones: (87) 98827-1440 (Adriano), (87) 98861-4844 (Gessica), (87) 98806-8859 (Adalberto) e (74) 98858-5343 (Mocinha).

Deixe uma resposta