Encerram na quinta-feira (31) as inscrições do processo seletivo para Especialização em Educação do Campo pelo Pronera

pronera

As inscrições para o processo seletivo para ingresso no Curso de Especialização em Educação do Campo, que integra o Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (Pronera), encerram nesta quinta-feira (31). O curso é ofertado pela Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) em parceria com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). No total, são oferecidas 50 vagas para o primeiro semestre letivo de 2016.

Podem participar da seleção beneficiários do Pronera nas localidades de abrangência da 29ª Superintendência Regional do Incra, que sejam portadores de diploma ou declaração de conclusão de curso de graduação plena. O processo seletivo também é destinado a profissionais que trabalham em escolas situadas nos projetos de assentamentos ou em localidades que atendam a estes projetos.

As inscrições devem ser realizadas por meio do Sistema de Inscrição em Processos Seletivos (PS) da Univasf. No ato da inscrição, será necessário anexar os seguintes arquivos digitalizados em formato PDF solicitados no Edital Nº 3/2016, disponível abaixo. Somente os candidatos com as inscrições deferidas serão convocados para a prova escrita, de caráter eliminatório, que consistirá na elaboração de texto argumentativo, no formato de redação.

O tema do texto argumentativo será sorteado antes do início da prova, dentre as seguintes opções: Convivência com o Semiárido, Educação Contextualizada, Pronera, Educação no e do Campo e Pedagogia da Alternância. A redação será avaliada por banca examinadora composta por docentes da Univasf e membros do Incra.

Com o objetivo de construir um diálogo com o contexto rural dos estudantes, o curso que terá duração de dois anos, será ofertado conforme a metodologia da Pedagogia da Alternância, que é realizado com carga horária distribuída em atividades na Universidade e nas comunidades de origem dos estudantes. Outras informações estão disponíveis na página eletrônica do PS e no site da Proex.

Deixe uma resposta