Enxame de abelhas volta a aparecer em Petrolina

Dessa vez o ataque foi na área externa da Facape. Por enquanto não há informações sobre feridos. A orientação da prefeitura é ligar para o CCZ 3867-4774. O CCZ recebe e repassa para o SOS Abelhas, que é formado por servidores municipais e trabalha em conjunto com o Corpo de Bombeiros e associação de apicultores.

A retirada dos enxames, geralmente, ocorre no período noturno, que é quando elas estão “arranchadas”. O grupo ‘SOS Abelhas’ nasceu em 2018, através de uma parceria entre a Prefeitura Municipal de Petrolina e outras instituições do município, como o Centro de Conservação e Manejo de Fauna da Caatinga (Cemafauna), o Corpo de Bombeiros, o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), a Associação de Criadores de Abelhas do Município de Petrolina (Ascamp), Vigilância Sanitária, entre outras.

Deixe uma resposta