“Eu não tenho ladrão de estimação”, diz Ronaldo Silva sobre denúncias de Aécio Neves e Michel Temer

(Foto: Blog waldiney Passos)

Após chamar o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva de ladrão na última sessão na Câmara Municipal de Petrolina, o vereador Ronaldo Silva (PSDB) fez um discurso no plenário da Casa defendendo a atuação da justiça perante as denúncias sobre o senador e presidente nacional do PSDB, Aécio Neves, e o Presidente da República, Michel Temer.

Para o parlamentar qualquer político que esteja envolvido em crime de corrupção deve ir preso, independentemente de ser do seu partido ou de qualquer outro.

“Hoje o nosso país vive um momento de muita dificuldade. Agora deixaremos a justiça agir, pois temos instituições sólidas. O Brasil está sendo passado a limpo e sairemos muito mais forte. Quero dizer que eu não tenho ladrão de estimação. Quem roubou tem que ir para a cadeia, seja Aécio, Lula, Temer. Eu nunca defendi ladrão e não vou defender quem está errado, seja do meu partido ou de qualquer outro”.

Deixe uma resposta