EUA usa famoso bombardeiro B-52 contra Estado Islâmico

Segundo porta-voz das forças americanas, o uso dos B-52 não implica um maior risco de baixas civis, já que o avião está armado apenas com bombas teleguiadas

Segundo porta-voz das forças americanas, o uso dos B-52 não implica um maior risco de baixas civis, já que o avião está armado apenas com bombas teleguiadas

A Força Aérea dos Estados Unidos começou a usar seus bombardeiros B-52 contra o grupo Estado Islâmicono Iraque e na Síria, mas a enorme aeronave fará apenas ataques “cirúrgicos” – anunciou um porta-voz militar nesta quarta-feira (20).

Originalmente projetado na década de 1950, o B-52 Stratofortress se transformou em um símbolo dos Estados Unidos durante a Guerra Fria. O avião foi usado, por exemplo, para bombardear o  Vietnã, matando milhares de civis.

O porta-voz das forças americanas em Bagdá, coronel Steve Warren, afirmou que um B-52 foi usado nesta segunda em uma missão para destruir um armazém de armas na cidade iraquiana de Qayara, 60 quilômetros ao sul de Mossul.

Warren ressaltou que o uso dos B-52 não implica um maior risco de baixas civis, já que o avião está armado apenas com bombas teleguiadas.

 

Deixe uma resposta