Garoto que precisava de transferência para o Dom Malan morre após família fazer peregrinação por atendimento médico

Família afirma que negligência teria agravado caso de garoto (Foto: Blog Waldiney Passos)

Desde a terça-feira (17) o Blog está acompanhando a saga da família de André Ricardo dos Santos, de 13 anos que precisou de atendimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Juazeiro (BA), mas por falta de profissionais não teria conseguido ser avaliado por um médico neurologista.

Segundo a família de André, ele deu entrada em coma e precisava ser transferido ao Hospital Dom Malan/IMIP em Petrolina, mas isso somente aconteceu às 18h de ontem. No Dom Malan, novamente o garoto precisou ser avaliado por um neuro, que não estava presente na unidade.

Nessa quarta-feira (18) nossa produção recebeu informações da família de André que o garoto não resistiu e morreu por volta de 9h30, sem ter passado pela avaliação do neuro. O Blog procurou a assessoria do HDM e da UPA em Juazeiro para saber qual foi o motivo da demora na transferência de André para Petrolina e porque ele não recebeu avaliação do médico especialista. Estamos aguardando um posicionamento das duas unidades e seguimos acompanhando o caso.

Deixe uma resposta