Geraldo Freire lança biografia em Petrolina

Um ícono do rádio brasileiro, a maior audiência do nordeste, Geraldo Freire, o comunicador da maioria, esteve no último sábado em Petrolina lançado seu livro “O que Eu Disse e o Que Me Disseram: A improvável Vida de Geraldo Freire”, uma biografia reunindo suas histórias em quase 40 anos de radialista.

Amigos e admiradores marcaram presença em um hotel da cidade para prestigiar o grande comunicador que autografou muitos exemplares da obra literária.

Geraldo Freire é antes de tudo um apaixonado pelo rádio, acompanhou de perto os grandes comunicadores de Pernambuco, conviveu com as vozes mais bonitas na época em que o timbre fazia a diferença entre os radialistas. Os tempos mudaram, talvez a voz não seja mais um fator primordial para os comunicadores, mas a associação de uma boa voz com o conhecimento fez de Geraldo um dos nomes mais conhecidos do rádio em todo o país.

A obra, que contou com a ajuda do professor Eugênio Jerônimo e levou 10 anos para ser concluída, relata histórias curiosas e interessantes envolvendo personagens locais, como Miguel Arraes e Dom Helder.

O livro, que tem o prefácio assinado por Xico Sá, conta com depoimentos de Ivanildo Vila Nova, Moacir Franco e Jessier Quirino.

Companheiro da Rádio Jornal Recife, o radialista Ciro Bezerra, fez questão de acompanhar Geraldo à Petrolina e também aproveitou para rever amigos da cidade.

Deixe uma resposta