Gilberto Melo chama Compesa de “irresponsável” e reforça discurso para saída da Companhia

Caminhão mencionado por vereador quase tombou ao cair em buraco (Foto: Reprodução/WhatsApp)

“A gente não pode aceitar o que a Compesa continua fazendo”. O vereador Gilberto Melo (PR) fez um discurso duro contra a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) na sessão de quinta-feira (7), na Casa Plínio Amorim e às vésperas da audiência pública para debater a saída da Companhia, apoiou o prefeito Miguel Coelho.

Vereador Gilberto Melo – PR. (Foto: Blog Waldiney Passos)

Gilberto elencou diversos problemas registrados na semana passada, como falta d’água nos bairros e um vazamento de água limpa que, por pouco, não resulta em uma tragédia no Alto do Cocar.

Estourou um cano na Rua 17 do Alto do Cocar, onde um caminhão caiu. Já tinha várias solicitações de moradores para ser feito o conserto e a Compesa com o serviço irresponsável que presta na cidade não teria ido lá. O dono do caminhão teve um prejuízo enorme: afundou e as rodas ficaram enterradas”, lembrou.

Aliado do prefeito, o edil foi categórico: não dá para aguentar mais um dia com a Compesa prestando serviço no município. “O prefeito Miguel Coelho está certo, onde ele faz essa solicitação de tirar a Compesa dessa cidade. A gente não pode aceitar o que a Compesa continua fazendo, arrecadando tanto dinheiro e não faz nenhum investimento. O que a gente vê nas ruas é esgoto estourado, vazamento de água que poderia ser consertado de um dia pra outro“, disse.

Deixe uma resposta