Incomodada com “excessos” em eventos na Areia Branca, vereadora convoca reunião com PM

(Foto: Jean Brito/Ascom CMP)

A vereadora Maria Elena de Alencar (PRTB) está irritada com a situação que vem acontecendo no bairro Areia Branca, seu reduto eleitoral. A edital convocará nesta segunda-feira (23) uma reunião em caráter de urgência com a Polícia Militar e secretaria da Mulher, para discutir a fiscalização nas festas públicas na Avenida São Francisco.

O que motivou Elena a tomar essa decisão foi a presença de menores de idade em eventos na via, consumindo bebida alcoólica. “Com vistas a se impor uma organização mais rigorosa e qualificada para evitar os excessos e vandalismos que normalmente  vem acontecendo em dias de festas comemorativas, a exemplo do que aconteceu ontem depois do jogo do Flamengo na Av São Francisco, Av Paraíba e ruas e avenidas adjacentes”, explicou a edil.

Além dos órgãos já citados deverão participar do debate a Justiça e moradores do bairro. Confira a seguir uma nota da vereadora sobre o tema:

Um Transtorno que terá que ser enfrentado, reprimido e evitado pela força da lei aos olhos de quem tem o poder para tal: Amanhã 2a feira, dia 23.12, estarei marcando uma reunião em caráter de urgência com o comandante do 5o batalha de Polícia, com a Secretaria Executiva da Mulher, com o Presidente da Associação de Moradores de Areia Branca, com a Cubap e Feamupe, com o Conselho Tutelar, com a Vara da Criança e do Adolescente, com o Conselho da Mulher, a Comissão de Mulheres da Câmara de Vereadores e com representante do Movimento de Mulheres de Petrolina para se discutir a aplicabilidade e rigorosidade da fiscalização da legislação vigente que proíbe os excessos das festas promovidas em espaços públicos, que atraem todos os públicos, principalmente os jovens adolescentes e pré adolescentes, consumidores de bebidas e em alguns casos, de outros tipos de drogas.

Assim como a questão do controle do volume dos sons, paredões que ultrapassando os 70 decibéis permitidos.  Como também a questão do policiamento para segurança das pessoas espalhadas nas avenidas; da execução de músicas depreciativas não só a mulher como a todos às minorias, da comercialização de produtos em recipientes perigosos, como garrafas de vidros etc.

Com vistas a se impor uma organização mais rigorosa e qualificada para evitar os excessos e  vandalismos que normalmente  vem acontecendo em dias de festas comemorativas, a exemplo do que aconteceu ontem depois do jogo do Flamengo na Av São Francisco X Av Paraíba e ruas e avenidas adjacentes.

À população de Areia Branca e entorno já não aguenta mais e está em polvorosa e se recentemente de que medidas urgentes coibitivas sejam tomadas pelo poder público e órgãos de segurança.”

Deixe uma resposta