Integrantes do PSDB enviam carta de “apoio e apreço” a Fernando Haddad

Haddad quer conversar com FHC e fechar acordo, apesar de tucanos ficarem neutros (Foto: Reprodução)

Mesmo com o PSDB se mantendo neutro no segundo turno das eleições 2018, membros do partido enviaram uma carta de “apoio e apreço” a Fernando Haddad, candidato do PT contra Jair Bolsonaro (PSL). O gesto dos tucanos aconteceu durante um almoço na quarta-feira (10), em São Paulo.

Haddad disse que não está autorizado a divulgar o nome de quem o apoiou, mas afirmou ter interesse em conversar com o ex-presidente da República, Fernando Henrique Cardoso (FHC). “[Estamos] conversando com todas as forças que queiram conter a barbárie, essa escalada [de violência] no país. Vamos prosseguir no sentido de estabelecer protocolos de civilidade em proveito do futuro do Brasil”, disse o ex-ministro da Educação.

Hoje o petista cumpre agenda política em Brasília, onde se encontrará com representantes da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e o presidente nacional do PSB, João Carlos Siqueira. Na pesquisa do Datafolha divulgada ontem, Haddad está 16 pontos atrás de Bolsonaro e corre em busca de apoio para reverter a desvantagem.

Deixe uma resposta