Juazeirense libera Evandro para o Salgueiro e se reúne para definir busca por novo treinador

Evandro vai comandar agora a equipe do Salgueiro

Evandro vai comandar agora a equipe do Salgueiro

Evandro Guimarães não é mais técnico da Juazeirense. Comandante do Cancão em onze partidas, sendo sete pelo Baiano e outras três pela Copa do Brasil, o treinador pediu desligamento do clube ontem à noite após o duelo com o Botafogo, no Adauto Moraes. Evandro, que chegou a recusar três propostas desde que chegou ao Cancão, se apresenta hoje ao Salgueiro para a disputa do campeonato Brasileiro da Série C.

O Presidente do Cancão e deputado estadual, Roberto Carlos, fez questão de agradecer a passagem vitoriosa de Evandro, fundamental na conquista das vagas na Série D, Copa do Nordeste e também na campanha já histórica para o clube na Copa do Brasil – a equipe segue viva na segunda fase apesar da derrota de 2×1 para o Botafogo.

“Evandro é um vencedor. Trabalhou muito focado e não está se afastando. Digamos que estamos emprestando Evandro e em breve ele estará de volta para comandar a Juazeirense. É com alegria que vemos um profissional nosso despertando interesse de um clube de Série C. A Juazeirense é uma escola para muita gente. Foi assim com Petros, hoje no Real Bétis-ESP e Clodoaldo, que depois de jogar aqui, foi disputar a Série B pelo Ceará”, enfatiza.

A diretoria da Juazeirense vai se reunir neste fim de semana para definir se mantém o auxiliar Janilson Silva para o duelo de volta com o Botafogo, na próxima quinta-feira(19), em Duque de Caxias(RJ), ou se já busca um treinador de imediato. Enquanto isso, a equipe segue o cronograma normal de preparação para a partida e se reapresenta hoje à tarde na Chácara Demi Brecci. Quem atuou fará um trabalho regenerativo, enquanto os demais trabalham com bola.

EVANDRO – Feliz com o período no clube, Evandro agradeceu pelo acolhimento em Juazeiro. “Foi tudo muito intenso, com objetivos conquistados. Dei um abração bem forte no presidente Roberto Carlos ontem e me desliguei de uma maneira tão bonita. Tinha negado três propostas, mas apareceu o Salgueiro com algo irrecusável. Mas saio apaixonado pelo clube”, comenta Evandro, que teve um aproveitamento de 42% no Cancão: quatro vitórias, dois empates e cinco derrotas.

De saída, mas na torcida. Assim já está Evandro, confiante na equipe que buscará a façanha de vencer o Botafogo por dois gols de diferença para avançar à terceira fase da Copa do Brasil.

“Fizemos um grande jogo ontem. Saímos de campo com a cabeça erguida. Tenho certeza que vamos complicar a vida do Botafogo lá. Vamos fazer o primeiro gol e depois tudo pode acontecer”, acredita.

Com informações da Assessoria

Deixe uma resposta