Juazeiro: Prefeitura declara Situação de Emergência por conta do coronavírus e estende suspensão das aulas

Prefeito anunciou novas medidas preventivas (Foto: Blog Waldiney Passos)

O prefeito de Juazeiro (BA) Paulo Bomfim anunciou medidas mais efetivas na prevenção ao coronavírus. Durante uma coletiva de imprensa convocada para a manhã dessa terça-feira (17), ele assinou o Decreto nº 241/2020 no qual determina Situação de Emergência no município.

LEIA TAMBÉM

Juazeiro: Prefeitura suspende aulas e eventos públicos por sete dias

De acordo com a Secretaria de Saúde (SESAU), até hoje são 26 casos notificados de H1H1, dos quais seis foram descartados, 15 permanecem em investigação e cinco já foram confirmados, um deles resultou em morte. Em relação ao coronavírus, são quatro suspeitos: dois descartados e o restante em observação domiciliar.

“Estamos nos reunindo praticamente todo os dias, às vezes até duas vezes ao dia para ver como é que a gente faz para evitar um surto em Juazeiro. É importante a prevenção, se esse vírus chegar aqui e eu acho que vá chegar, ele chegue mais leve”, pontuou o prefeito.

Medidas

“Caso essa epidemia chegue aqui de forma forte, a gente poder estar comprando insumos e EPIs sem precisar cumprir o prazo de licitações e perder o tempo [de combate]. Vou ampliar a suspensão das aulas até dia 31 de março, se precisar vou ampliar“, destacou o gestor.

A Prefeitura também aconselhou a rede particular a suspender as aulas. Outras ações do município são a adoção de uma estratégia para entrega dos kits de merenda aos alunos da rede municipal; proibição das férias de servidores da saúde; dispensa dos servidores acima de 60 anos e gestantes para o trabalho home office; suspensão das atividades dos centros de idosos; atendimento reduzido na Casa Bolsa e alimentação no Restaurante Popular apenas via marmitas.

O prefeito afirmou ainda estar em constante contato com o Governo da Bahia e a rede particular da cidade. “Já dialoguei com o governador do Estado e com o secretário de Saúde. Nossa equipe está debruçada junto com a rede privada para atender de forma conjunta”, pontua Bomfim.

Deixe uma resposta