Julio Lossio entrega prefeitura sem pagar 13º salário dos servidores e com as contas de luz, água e telefone atrasadas, afirma Miguel Coelho

Prefeito de Petrolina Miguel Coelho (PSB) e Secretária de Administração, Lucivane Lima/Foto: Blog Waldiney Passos

Acompanhado pela secretária de Administração, Lucivane Lima, o prefeito de Petrolina Miguel Coelho (PSB), durante coletiva com a imprensa local, também tratou ontem (5) sobre os atrasos salariais dos servidores da Saúde e Educação. 

Telefonia, luz e água

Além dos problemas físicos postados anteriormente, o serviço de atendimento da Prefeitura foi prejudicado por conta de atrasos nos pagamentos de contas de água, luz e telefone. A operadora de telefonia já cortou todas as linhas da Prefeitura, enquanto, a Celpe e a Compesa estão com pelo menos três meses de atraso.

“Estamos negociando essas dívidas e conseguimos impedir o corte de luz e água. Já o serviço de telefone deve ser reativado em breve, pois procuramos a operadora para equacionar as dívidas e restabelecer as linhas”, explicou o prefeito. 

Dívida 

Segundo um levantamento prévio da Secretaria da Fazenda, a dívida da Prefeitura já ultrapassa cerca de R$ 45 milhões. “Nessa conta não estamos colocando os empréstimos que teremos que assumir no futuro. É importante dizer que ainda não fechamos esse levantamento, portanto, a dívida pode ser maior”, relatou Miguel. 

Veja no vídeo as explicações das pelo prefeito Miguel Coelho e pela secretária de Administração, Lucivane Lima.

Confira vídeo:

2 Comentários

  • Maria

    6 de janeiro de 2017 at 09:14

    É bom todo mundo se ligar, pois também são responsáveis por este caos todos os vereadores reeleitos, pois é responsabilidade deles a fiscalização da administração pública. Se há punição, que também sejam punidos.
    Srs. Vereadores não venham com desculpas esfarrapadas, vocês são muito responsáveis por isso.

    Responder
  • Gláucio Ramos

    6 de janeiro de 2017 at 14:39

    Era funcionário e recebi tudo certinho/
    A verba da saúde que todos já sabem , entra no início do mês e o recurso deve ter entrado, o que tem que ser feito é o tribunal de contas e o ministério público caso o novo prefeito não tenha pago ainda, honrar imediatamente;
    E deixar disso, a campanha passou, o país está em crise , todas as prefeituras também/ faço um desafio a Miguel pegue as contas deixadas por seu pai nas duas gestões, ele vai ver que a situação era bem pior;
    Então arrogasse as mangas e vamos trabalhar que é disso que Petrolina gosta.

    Responder

Deixe uma resposta