Justiça manda Rádio Estadão readmitir funcionários

radio-estadao

O Tribunal Regional do Trabalho deu ganho de causa por unanimidade aos sindicatos dos jornalistas e radialistas, que estavam unidos em ação contra o Grupo Estado/Rádio Estadão.

De acordo com a desembargadora e relatora do processo, Maria José Beguetti Rebelo, ficou determinado que a empresa de comunicação deve, a partir da publicação da decisão no Diário Oficial, a readmissão de todos os funcionários registrados que foram demitidos no dia 5 de outubro deste ano. O julgamento aconteceu na quarta-feira, 16, na seção de Dissídios Coletivos do TRT.

O sindicato dos jornalistas foi representado pelo presidente Paulo Zocchi e pelo advogado Raphael Maia, que, segundo relato dos funcionários presentes no tribunal, fez excelente trabalho. Segundo a coluna apurou, as partes devem aguardar trâmites legais. O Grupo Estado pode entrar com um agravo e recorrer.

Os funcionários comemoraram a vitória, mas a readmissão pode durar pouco. Apuramos que a partir de janeiro a emissora deve passar por nova reformulação, sendo possível até a mudança do grupo controlador. Alguns profissionais remanescentes no veículo foram informados que prestarão serviço somente até o fim deste mês.

Em contato com o Comunique-se, a direção da Rádio Estadão, por meio de sua assessoria de imprensa, informou que o Grupo Estado espera a publicação do acórdão (que não ainda não foi feita) para ver que atitude irá tomar.

Desde o início de dezembro, o diretor de conteúdo da companhia, Ricardo Gandour, responde diretamente pela redação da Rádio Estadão – em  substituição a Acácio Luiz Costa, que passou a atuar como consultor de  assuntos regulatórios e operacionais da plataforma rádio da empresa.

Deixe uma resposta