Lara Secchi, primeira dama de Petrolina, recebe título de cidadã casanovense

Autoridades da região estiveram presentes para a entrega do título para Lara.

A primeira dama de Petrolina (PE), Lara Secchi, recebeu nessa quinta-feira (6) o título de cidadã casanovense. O evento para a entrega da honraria aconteceu no clube santana, localizado no distrito de Santana do Sobrado, em Casa Nova (BA). O prefeito de Casa Nova, Wilker Torres, esteve presente na cerimônia, assim como os ex-prefeitos, Wilson Cota e Dagmar Nogueira, além do ex-prefeito de Juazeiro (BA), Isaac Carvalho e alguns vereadores de Petrolina, entre outras autoridades.

Lara, que é filha do casal Taís e Gilberto Secchi, forte empresário da região, falou sobre a alegria de receber a mais alta comenda do município, que é o título de cidadã, e a responsabilidade que terá daqui para a frente com o município e principalmente com o distrito de Santana do Sobrado, onde a empresa de sua família está inserida.

“Eu fico muito honrada. Fiquei muito feliz de estar recebendo esse título de cidadã casanovense com a pouca idade que considero ter, apenas 28 anos. Aqui é a minha segunda casa, meu trabalho. Desde que nasci, praticamente minha vida foi toda aqui. Eu torço muito e espero realmente que essa cidade cresça, que venha desenvolvimento para cá, que os políticos olhem com carinho, que venham realmente a trazer políticas públicas boas para o crescimento dessa comunidade inteira. Casa Nova é um município grande, especialmente falando da comunidade a qual a nossa empresa está inserida que é em Santana do Sobrado. Agradeço e fico muito honrada com esse título. Agora a minha responsabilidade aumenta ainda mais, porque eu me sinto, de certa forma, parte, mais do que nunca, dessa comunidade e vou fazer sempre o meu máximo para passar o meu melhor para essa cidade”, disse Lara Secchi.

O vereador Willian Pereira dos Santos, autor do projeto que previu a entrega da honraria para Lara, também falou na alegria de vê-la como a força da juventude da região e da contribuição da jovem para o crescimento econômico do distrito de Santana do Sobrado.

“É de uma importância muito grande. Lara hoje representa o segmento de jovens que alavancaram o destino econômico de Santana do Sobrado. Ela teve o seu pai que foi um dos pioneiros na agricultura irrigada aqui no Vale do São Francisco, em especial em Santana do Sobrado e, em continuação aos seus estudos, ela deu continuidade a isso de forma exemplar e triplicou tudo aquilo que o pai iniciou. Então Lara hoje é sinônimo de que a juventude nordestina, franciscana, casanovense tem a seguir. E a agora com o título de cidadã casanovense”, disse o vereador Willian, autor da proposição.

O prefeito de Petrolina e noivo de Lara, Miguel Coelho, também esteve presente no evento. Miguel falou sobre o comprometimento de sua noiva com o trabalho realizado em Santana do Sobrado e da responsabilidade da sua noiva com o município de Casa Nova. O prefeito ainda brincou afirmando que o quadro não iria só enfeitar a casa do casal, mas que traria obrigações de Lara para a cidade.

“Hoje não estou incumbido de falar como prefeito da minha cidade, mas como admirador e companheiro de Lara que sou nos últimos cinco anos e que daqui a quinze dias, com fé em Deus, para o resto da vida. Quero dizer a todos que aqui estão que a alegria hoje não é só sua, Lara, você está compartilhando isso com a sua família, com seus amigos, que vieram compartilhar desse momento. A gente sabe a pessoa que você é e principalmente da sua determinação com o seu trabalho. Estamos vendo Lara receber a mais alta comenda de qualquer cidade e você receber isso, Lara, lhe traz muita responsabilidade. Não ache que esse quadro vai apenas decorar a nossa casa. Esse quadro lhe traz obrigações sociais com Casa Nova e principalmente com Santana de Sobrado que é onde você vive diariamente. Saiba que hoje é um dia de festa, mas também um dia de comprometimento seu com esse lugar. Agora a sua raiz está fincada em Casa Nova”, disse o prefeito de Petrolina e noivo de Lara, Miguel Coelho.

Deixe uma resposta