Lesão de Daniel Alves não é grave e jogador poderá participar da Copa do Mundo

A lesão do juazeirense Daniel Alves preocupou o treinador Tite e os companheiros de seleção brasileira. Mesmo com o susto, o lateral não precisará ser submetido a cirurgia. A informação foi confirmada nessa quarta-feira (9), após exames médicos.

Daniel Alves sofreu um estiramento no ligamento colateral do seu joelho direito. Com isso, o jogador deve ficar de repouso pelo menos três semanas. Mesmo assim o lateral-direito poderá ser convocado por Tite, mas perderá a estreia do Brasil na Copa do Mundo da Rússia, no dia 17 de junho.

“Após o traumatismo do joelho direito de Dani Alves, que ocorreu ontem durante a final da Copa da França, os exames realizados hoje mostraram uma alta desinserção do ligamento cruzado anterior com entorse póstero-externo. Sua condição requer um mínimo de três semanas de cuidados antes de nova avaliação”, informou a assessoria do lateral-direito.

O jogador se lesionou na terça-feira (8), durante a final da Copa da França, entre PSG e Les Herbiers. Para a posição de Daniel Alves, Tite tem observado como possíveis opções ao titular do setor. Danilo, do Manchester City e Fagner, do Corinthians, que também está lesionado.

Deixe uma resposta