Liderança do PT afirma que “ninguém toma essa eleição de Miguel”

Com a presença das principais lideranças do Partido dos Trabalhadores, teve início ontem (07), no Rio de Janeiro, o Festival PT 40 anos. Nesta sexta-feira, primeiro dia do evento, que seque até este domingo (09), quando haverá uma puxada com o bloco “Vai dar PT”,  nossa reportagem conversou com uma liderança de Pernambuco, que ao avaliar o cenário eleitoral em Petrolina afirmou que “ninguém tira essa eleição de Miguel”, em alusão a reeleição de Miguel Coelho, que é bem avaliado pela população e pelas pesquisas.

Ainda de acordo com esta liderança, com este cenário fica difícil até mesmo levar a vereadora Cristina Costa a cometer o erro de sair candidata a prefeita e ficar sem mandato, o que seria muito ruim para ela, pois isso poderia prejudicar uma futura eleição da vereadora para deputada em 2022.

“Talvez ela (Cristina Costa), sair candidata seria importante para consolidar o nome para 2022, mas ficar sem mandato também seria um risco muito grande”, afirmou a fonte.

Diante deste cenário, a leitura que nós fazemos é que, com Cristina Costa fora do páreo, o PT só teria dois caminhos a seguir em Petrolina: lançar mesmo o nome de Odacy Amorim, que perdendo a terceira eleição seguida sairia enfraquecido do processo, ou coligar com outro partido, compondo a chapa majoritária com um candidato a vice.

Deixe uma resposta