Líderes avaliam 2019 como ano positivo na Câmara de Petrolina

2019 termina de forma satisfatória para as lideranças (Foto: Blog Waldiney Passos)

O ano legislativo de 2019 chegou ao fim hoje (19) na Câmara de Petrolina em clima de paz e harmonia. Logo mais às 13h Oposição e Situação se reúnem para a confraternização de final de ano, mas o tom de tranquilidade já pôde ser sentido nas entrevistas dos dois líderes.

Paulo Valgueiro (MDB) elogiou a atuação da Oposição e disse que em 2020, último ano do mandato dos atuais vereadores, nada mudará. “É uma avaliação positiva, apesar dos embates muitas vezes acalorados, apesar de sermos minoria na Casa Plínio Amorim. A gente buscou cumprir nosso papel enquanto vereador e a Bancada de Oposição tem feito esse papel. Apesar das perdas que tivemos em 2019, consideramos o ano positivo”, afirmou ao Blog.

Na visão do edil, a Oposição faz de fato um trabalho de legislador. “A gente considera que assim como em 2017 e 2018 a gente conseguiu cumprir esse papel [de ser legislador]. Essa União da Oposição começou em 2017 e permaneceu até agora. Embora temos partidos diferentes, o objetivo maior nosso é fazer de Petrolina uma cidade cada vez melhor“, concluiu.

Trabalho em feito

Já o líder da Situação, Aero Cruz (PSB) elogiou os opositores e seus colegas de Governo. “Um trabalho muito positivo, a gente teve vários embates aqui. Tenho um respeito muito grande pela Oposição, alguns saem do trilho e se excedem, como tem na nossa bancada. A gente teve uma atuação boa, a Oposição também teve uma atuação boa”, destacou.

O empenho da Situação contribui para o trabalho do prefeito Miguel Coelho (MDB) na gestão municipal, pontuou. “Nós fechamos o ano legislativo votando e aprovando 100% dos projetos do Executivo, nós procuramos articular e o certo é que aprovamos os projetos dando condições do prefeito Miguel Coelho trabalhar cada vez mais“, finaliza.

Os vereadores permanecerão em recesso das sessões até o começo de fevereiro, mas os gabinetes continuam funcionando durante o mês de janeiro.

Deixe uma resposta