Miguel Coelho afirma que a saúde ainda é o principal problema de Petrolina

miguel coelho

Na manhã de hoje (01), o programa Bom dia Vale, na rádio Jornal, recebeu o deputado estadual Miguel Coelho (PSB), abordou sobre as discussões da ‘Agenda 40’, que aconteceu ontem no bairro João de Deus, em Petrolina, Sertão pernambucano. Segundo ele, estiveram presentes mais de 300 pessoas, inclusive de outros bairros,  que expuseram suas insatisfações principalmente no segmentos da saúde. “O propósito da agenda 40 é poder ouvir a população para que nós possamos nortear o programa de governo que o PSB vá apresentar nas eleições deste ano.” contou.

Ainda nessa entrevista, Miguel Coelho falou da visita ao Hospital Dom Malan – IMIP, com a Comissão Especial de Acompanhamento aos Casos de Microcefalia da Assembleia Legislativa de Pernambuco (ALEPE), para ele a saúde é  o principal problema dos moradores de Petrolina. “Nós precisamos discutir qual o modelo de saúde da família que funciona, o modelo do posto de saúde que deve ter nesses bairros, até nas AME’s mesmo, os núcleos de saúde da família, como é que deve funcionar.”

Outro ponto questionado pelo deputado foi sobre os problemas enfrentados pelo Hospital Universitário (HU) de Petrolina e a responsabilidade administrativa . “A gente sabe que o Trauma é um grande calo aqui de Petrolina, não tô criticando a Univasf, acho que ela cumpre um papel ali, mas também nós sabemos das dificuldades e das críticas que a população faz, e faz com justiça, faz com todo direito, que espera daquele equipamento público, que espera daquele hospital um atendimento mais humano.” afirmou.

Sobre as emendas destinadas ao HDM em Petrolina, de sua autoria, ele confirmou que o hospital receberá o valor de 400 mil reais, para investir na estrutura e atendimento à população. “Eu destinei essa emenda para o Hospital Dom Malan nesse valor, e inclusive estive com o diretor do hospital, e vendo o plano de trabalho do que pode ser feito com esse dinheiro vai dar pra ser realizado em torno de 311 cirurgias eletivas aqui em Petrolina. Hoje a fila de espera, gira em torno de 280, ou seja, vamos conseguir zerar a fila de esperar de cirurgias eletivas no Hospital Dom Malan e ainda vai sobrar vagas a serem feitas este ano.”

Deixe uma resposta