Ministério Público denuncia secretário por morte de Domingos Montagner

Imagem ilustrativa/ Foto da internet

Imagem ilustrativa/ Foto da internet

O Ministério Público Estadual de Sergipe denunciou o secretário de Turismo de Canindé de São Francisco, José Dimas dos Santos Roque, pela morte do ator Domingos Montagner, que se afogou no rio São Francisco em 15 de setembro, enquanto gravava suas últimas cenas da novela “Velho Chico”.

Segundo o órgão, o secretário foi acusado de homicídio culposo (quando não há intenção de matar), porque houve omissão do município e de seus gestores por não terem contratado salva-vidas nem sinalizado o local para o risco de afogamento.

A denúncia foi assinada pelo promotor de Emerson Oliveira Andrade e entregue ao juiz Paulo Roberto Fonseca Barbosa, do Tribunal de Justiça de Canindé, na última quarta-feira (16).

Domingos Montagner, que interpretava Santo na novela “Velho Chico”, morreu afogado após um mergulho no rio São Francisco, que serve de cenário para a trama. O ator de 54 anos estava desaparecido desde as 14h30 de quinta e teve o corpo encontrado por volta das 18h, preso nas pedras a 18 metros de profundidade, perto da Usina de Xingó, em Sergipe.

Deixe uma resposta