Motorista da Uber segue internado no Hospital Universitário aguardando cirurgia

(Foto: Internet)

Joel Victor da Silva Souza, de 21 anos, motorista de aplicativo, cadastrado na empresa Uber, foi vítima de uma tentativa de latrocínio, na noite da última quarta-feira (15), no bairro Quidé, em Juazeiro (BA). Durante a ação criminosa, o jovem foi esfaqueado, e minutos depois seu veículo foi encontrado carbonizado, nas proximidades do local, onde foi atacado.

LEIA TAMBÉM

Após colega ser esfaqueado, motoristas de aplicativo fazem manifestação em Petrolina

Segundo informações da família e de representantes dos motoristas de aplicativo, Joel não corre risco de morte, mas segue internado no Hospital Universitário, em Petrolina (PE), onde aguarda a realização de uma cirurgia na mão direita.

A grande preocupação dos parentes e amigos é com o olho esquerdo de Joel, que foi atingido pelos golpes. O jovem alega dificuldades para enxergar, enquanto aguarda a avalização de um oftalmologista. “Ele precisa de um oftalmologista para ver o olho dele, ele disse que não está enxergando e nós estamos com medo dele perder o olho. Está muito difícil, a gente não tem plano de saúde, e ele está lá até agora esperando”, disse Leidjane Gomes da Silva, mãe de Joel Victor.

Os motoristas de aplicativo da região estão empanhados em cobrar justiça pelo caso, assim como em ajudar no tratamento de Joel. Uma quantia para ajudar nas despesas, foi arrecadada entre os profissionais da categoria e doada para a família de Jovem.

Deixe uma resposta