MPPE pede esclarecimento sobre denúncia de falta de certificação de abatedouro de Juazeiro

Matadouro Petrolina

Desde fevereiro o matadouro de Petrolina está fechado

Na sessão de quinta-feira (19), o vereador de Petrolina, Sertão de Pernambuco, Ronaldo Souza (PTB), apresentou a resposta do ofício encaminhado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, sobre a verificação do porte de selo do abatedouro de Juazeiro, Norte da Bahia.

De acordo com o documento apresentado, o Matadouro de Juazeiro não faz parte da relação do SIF e nem do SISBI- Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal,  estando este, impedido de comercializar a carne abatida para outros estados.

A redação do Blog Waldiney Passos entrou em contato com a promotora Ana Cláudia Sena que está à frente do caso perante o Ministério Público Estadual de Pernambuco para esclarecimentos. De acordo com a assessoria, a nova denúncia foi instaurada e será solicitada esclarecimento e documentação para comprovar o fato. Ficando comprovada a irregularidade, a carne poderá até ser abatida no Matadouro Municipal de Juazeiro, porém não poderá voltar para Petrolina.

Entramos em contato com com a Adagro que afirmou que até que o caso seja devidamente esclarecido, ainda não será tomada nenhuma medida de suspensão de entrada da carne. A agência regional aguarda uma orientação da sede, localizada na capital do estado, Recife para tomar outras providências. A Adagro em Petrolina foi responsável por fornecer o laudo técnico orientando reforma do abatedouro municipal, para adequação fitossanitária.

 

Deixe uma resposta