“Nós estamos com uma mão na faixa”, afirma Bolsonaro

Líder na intenção de votos e com uma ampla vantagem em relação a Fernando Haddad (PT), Jair Bolsonaro (PSL) está confiante de que será eleito presidente da República. Em visita à Polícia Federal no Rio de Janeiro, o deputado federal afirmou que “está com uma mão na faixa”.

“Nós estamos com uma mão na faixa, é verdade. Pode até não chegar lá, mas estamos com uma mão na faixa. [Haddad] não vai tirar 18 milhões de votos de agora até daqui a dois domingos. Não vai tirar isso”, afirmou o candidato à Presidência da República.

Bolsonaro disse ainda que, mesmo sendo liberado pelos médicos para participar de debates, pode ser que não compareça por “estratégia”. Ele também rebateu as críticas por estar “fazendo papel de vítima” sobre sua saúde.

“Eu levei uma facada, não foi… Não era rinite, igual o Haddad teve e ficou sete dias sem ir (à prefeitura) de São Paulo. Perdi dois litros de sangue, cortou o intestino grosso, fezes se espalharam por todo meu organismo. Fui submetido a uma segunda cirurgia no dia 12, que começou às 9h da noite e terminou às 5h da manhã. Não foi uma brincadeira. Eu perdi 15 quilos, foi um atentado”, destacou.

Deixe uma resposta