“O nosso Carnaval é o melhor do Brasil porque é o povo, com a sua alegria e irreverência, quem faz a festa”, diz Paulo Câmara

(Foto: Heudes Regis/SEI)

Abrindo, oficialmente, o Carnaval do Recife, o governador Paulo Câmara, ao lado da primeira-dama, Ana Luiza, e acompanhado do prefeito Geraldo Julio, prestigiou, na última sexta-feira (21), o início dos festejos de Momo na capital pernambucana. O governador circulou pelo Marco Zero, conversou com foliões e turistas e assistiu às apresentações.

“O nosso Carnaval é o melhor do Brasil porque é o povo, com a sua alegria e irreverência, quem faz a festa. Hoje, na abertura do Carnaval do Recife, mais uma vez os pernambucanos mostraram como gostamos de nos divertir: em paz e com aquela animação própria da nossa gente. Circulei pela Praça do Marco Zero, conversei com foliões de todos os cantos do Estado e com alguns turistas, que ficaram encantados com a festa de cores e com os ritmos que embalam a folia. O prefeito Geraldo Julio e a Prefeitura do Recife estão de parabéns por proporcionarem uma estrutura tão bonita e organizada. Esperamos que o carnaval siga assim até o último dia”, afirmou Paulo Câmara.

Com o tema “A criança, o circo e a cultura popular”, um espetáculo contou com elementos circenses e com a diversidade da produção cultural, que faz parte da identidade da cidade e dos recifenses. Este ano, os homenageados do carnaval são o Maestro Edson Rodrigues e o centenário Bloco das Flores.

O prefeito do Recife explicou que o circo, tema do carnaval da cidade, tem tudo a ver com a alegria e espontaneidade do folião recifense. A expectativa, disse Geraldo Julio, é de fazer um grande carnaval. “Tenho certeza de que vai ser o maior carnaval da história do Recife. Os hotéis estão praticamente 100% ocupados, tivemos mais de 110 voos extras no nosso aeroporto, todas as festas até agora bateram recorde de público. A festa está pronta, com o apoio do Governo do Estado. Agora, é a vez de o folião fazer essa grande festa que é o Carnaval do Recife”.

O prefeito fez questão de destacar, ainda, que 99% da grade de programação dos polos de animação no Recife é composta por artistas pernambucanos. “Estamos valorizando a nossa cultura, a nossa arte, o frevo, o maracatu, enfim, todos os ritmos”, pontuou.

Deixe uma resposta