Osinaldo Souza cobra diálogo entre município, Estado e União para que alunos não fiquem prejudicados por conta da pandemia

Alunos estão sem prejudicados, lembrou vereador

Sem previsão de quando as aulas presenciais serão retomadas em 2020, o vereador Osinaldo Souza (MDB) apresentou uma sugestão no tocante ao ano letivo das escolas públicas municipais e estaduais, além das universidades. Para o edil é importante que município, Estado e União se unam e providenciem a estrutura mínima aos estudantes.

“Se não temos as aulas presenciais nas universidades públicas, como é que teremos aulas das crianças do município e dos adolescentes do Estado? Vou enviar [um pedido] ao governador e ao presidente [da República] para que providencie notebooks, tablets e internet para periferia a todos os alunos“, afirmou o vereador.

Compromisso dos poderes

No entendimento de Osinaldo o prefeito Miguel Coelho (MDB) pode dialogar com os demais citados e formar um compromisso, para assim não deixar os alunos prejudicados. “Nem que o recurso venha do Governo Federal, mas os nossos alunos universitários, do ensino médio ou do fundamental não podem ficar sem aulas esse ano. Os professores estão ganhando sem trabalhar e os alunos vão perder o ano na alegação de que metade dos alunos não têm internet?“, questionou.

O pedido foi feito de forma verbal na sessão de terça-feira (23) e será oficializada no próximo encontro virtual da Câmara de Vereadores, marcada para 14h de terça-feira (30).

Deixe uma resposta